Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sexta-Feira, Dia 28 de Agosto de 2020 as 00:08:15



O MERCADO, 27.08 IBOVESPA estável aos 100,623 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,578



Diário do Mercado na 5ª feira, 27.08.2020
 
Ibovespa termina de lado, após denotar trajetória errática
 
Comentário.
 
O índice brasileiro chegou a principiar em alta, mas, durante o pregão, apresentou maior volatilidade com tendência indefinida. Em verdade, no mercado interno houve, ao longo do dia, uma oscilante dicotomia dos agentes entre ponderada cautela doméstica -- diante ainda de incertezas sobre como serão as medidas de política fiscal que poderão ser adotadas em breve -- e o panorama externo positivo no dia, após declaração do presidente do Fed, considerada favorável, sobre o estabelecimento de uma meta de inflação em torno de 2,0% para os EUA.
 
O que chamou a atenção dos investidores foi a citação que este objetivo até pode ser superado em alguns períodos – fato ratificado pelo presidente distrital do Fed de Dallas, que mencionou um patamar de inflação de até 2,5%.
 
Enfim, a interpretação do mercado foi que esta postura do órgão se reflete em juros baixos por um período prolongado. Neste cenário, o índice S&P500 renovou pela quinta vez consecutiva seu recorde histórico de pontuação e o índice Dow Jones também avançou. Já o índice de tecnologia Nasdaq, após sucessivos recordes, sofreu pequena realização de lucros.
 
O dólar comercial seguiu ao redor da estabilidade, mas cedeu de tarde, fechando a R$ 5,5780 (-0,61%). Nos juros futuros, os curtos foram destaques de ajustes para cima.
 
Ibovespa.
 
O índice abriu e chegou a variar próximo de +1,0%, mas depois da primeira hora de negócios seguiu cadente, até por volta de 12h30min. A partir daí, mostrou reação, mais ficou em um indo e vindo, ora parecendo que seguiria em alta, ora em baixa. Ponderadamente, destaque de contribuição positiva para os papéis do setor de bancos, mas a Vale pesou no índice.
 
O Ibovespa fechou aos 100,623 pts (0,00%), acumulando agora -0,88% na semana, -2,22% no mês, -12,99% no ano e +3,44% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 23,0 bilhões, sendo R$ 20,6 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa B3
 
No dia 25 de agosto, a Bovespa mostrou retirada líquida de R$ 311,246 milhões em capital estrangeiro, mas acumulando entrada líquida de R$ 1,415 bilhão no mês (após saída líquida de R$ 8,408 bilhões em julho).
 
Em 2020, o saldo negativo situa-se em -R$ 83,497 bilhões (acima da saída líquida anual recorde de -R$ 44,517 bilhões em 2019).
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial foi influenciado inicialmente pela questão fiscal doméstica. Todavia, na parte da tarde, prevaleceu o mercado internacional, com o dólar perdendo força com a percepção dos agentes que os juros ficarão baixos por período prolongado nos EUA.
 
Em verdade, a divisa vem circundando a cotação de R$ 5,58 nos últimos seis pregões, com os agentes na expectativa do desenrolar da questão fiscal doméstica.
 
A moeda fechou cotada a R$ 5,5780 (-0,61%), acumulando -0,50% na semana, +6,92% no mês, +39,03% no ano e +34,18% em 12 meses.
 
Risco-País
 
O risco-país (CDS Brasil de 5 anos) passou a 224 pts ante 223 da véspera.
 
Juros.
 
Os juros futuros navegaram oscilantes ao longo da sessão. Os ajustes foram influenciados tanto pelo panorama doméstico, com foco na questão fiscal e em leilões de títulos do Tesouro Nacional, como pela baixa do dólar na parte da tarde. As taxas curtas tiveram realce nas elevações. Assim fecharam as taxas em relação à sessão anterior:
 
DI set/2020 estável em 1,900%;
DI outubro/2020 em 1,920% de 1,924%;
DI Janeiro/2021 em 2,000% em 1,980%;
DI Janeiro/2022 em 2,87% de 2,83%;
DI janeiro/2023 em 4,11% de 4,07%;
DI janeiro/2025 em 5,98% de 5,96%;
DI janeiro/2027 em 6,96% de 6,97%.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 5ª feira, 27.08.2020, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, e RENATO ODO, CNPI-P, ambos integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, e RENATO ODO, CNPI-P, ambos integrantes do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
28/09/2020
 
OS MERCADOS - FECHAMENTO em 28.09.2020: Viés Positivo, Esperança 28/09/2020
OS MERCADOS - FECHAMENTO em 28.09.2020: Viés Positivo, Esperança
 
MERCADOS - Abertura em 28.09.2020: Tom Positivo, Expectativas de novos estímulos nos EUA 28/09/2020
MERCADOS - Abertura em 28.09.2020: Tom Positivo, Expectativas de novos estímulos nos EUA
 
OS MERCADOS - Fechamento em 25.09.2020: Em Aversão ao Risco 26/09/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 25.09.2020: Em Aversão ao Risco
 
OS MERCADOS - FECHAMENTO em 24.09.2020: Recuperação dos Ativos 25/09/2020
OS MERCADOS - FECHAMENTO em 24.09.2020: Recuperação dos Ativos
 
24/09/2020
O MERCADO AGORA - 24.09.2020:Mercados Oscilam com Ligeiro Viés Positivo
 
GUIA DE AÇÕES, 23.09: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 24/09/2020
GUIA DE AÇÕES, 23.09: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS - Fechamento em 23.09.2020: Muita Volatilidade 24/09/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 23.09.2020: Muita Volatilidade
 
GUIA DE AÇÕES, 22.09: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 23/09/2020
GUIA DE AÇÕES, 22.09: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
O MERCADO AGORA - 23.09.2020: Seção Volátil, Mercados miram Cena Externa 23/09/2020
O MERCADO AGORA - 23.09.2020: Seção Volátil, Mercados miram Cena Externa
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites