Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

25 de Setembro de 2020 as 17:09:21



STF - Ministro CELSO DE MELLO Antecipa Aposentadoria



Celso de Mello antecipa aposentadoria para 13.10.2020 após 50 anos de serviço público, 31 dos quais como ministro do STF
 
O ministro Celso de Mello decidiu anteciparpara 13.10.2020, sua aposentadoria do STF Supremo Tribunal Federal,  abrindo assim a corrida para indicação de seu sucessor pelo presidente Bolsonaro.  A informação é da assessoria de imprensa do STF nesta 6ª feira, 25.09.
 
Decano da Corte, Celso de Mello antecipa sua saída do STF em três semanas, pois completaria 75 anos de idade em 1º de novembro, data em que seria obrigado a se aposentar compulsoriamente.
 
Celso de Mello está no STF desde 1989, nomeado pelo então presidente José Sarney.  E, ao se aposentar, completa 50 anos no serviço público. Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da USP, em 1969. Em 1970, foi aprovado em primeiro lugar no concurso público para promotor e ingressou no Ministério Público de São Paulo. Antes de ser nomeado para o Supremo pelo ex-presidente José Sarney, em 1989, ocupou o cargo de consultor-geral da República.
 
Licensa Saúde
 
Celso de Mello esteve afastado em licença de saúde, retomou seus trabalhos nesta 6ª feira e é o relator do inquérito que investiga se Bolsonaro tentou interferir no comando da Polícia Federal. O inquérito foi aberto em abril/2020 após declarações públicas dadas pelo então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ao demitir-se do cargo.
 
O ministro Marco Aurélio Mello, seu substituto interino durante o período da licença médica, agendou para o dia 02.10 o início do julgamento virtual, sobre se Bolsonaro deve depor por escrito ou presencialmente no inquérito.
 
Alvo de críticas de Bolsonaro e de aliados do governo, Celso de Mello já se posicionou a favor do depoimento presencial. Marco Aurélio, por sua vez, é a favor do depoimento por escrito.
 
Sucessão
 
Caberá ao presidente Bolsonaro indicar o sucessor de Celso de Mello, que terá de passar por sabatina e ser aprovado pelo Senado. Augusto Aras, o procurador-geral da República, Jorge Oliveira, ministro da Secretaria-Geral da presidência da República, e André Mendonça, ministro da Justiça, são os nomes mais cotados.
 
O escolhido por Bolsonaro deverá herdar a relatoria do inquérito sobre o Bolsonaro, prescreve o regimento interno do STF seja respeitado. Contudo, há um precedente em contrário no STF:  a redistribuição dos processos da operação Lavajato, em virtude da morte de seu relator o ministro Teori Zavaski, em 2017, não os conduziu às mãos do novo ministro indicado por Michel Temer, Alexandre de Moraes, mas, sim, aos cuidados do ministro Edson Fachin, que solicitou que assim fosse feito, sob a aprovação dos demais ministros.
 


Fonte: Da Redação JF com informações da Agencia Brasil e MSN/Reuters





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ROMÁRIO apresenta PL que Proíbe Punição a Atletas por Manifestação Política 21/10/2020
ROMÁRIO apresenta PL que Proíbe Punição a Atletas por Manifestação Política
 
AUXÍLIO EMERGENCIAL - 5,2 milhões de Beneficiários recebem nesta 4ª 21/10/2020
AUXÍLIO EMERGENCIAL - 5,2 milhões de Beneficiários recebem nesta 4ª
 
KASSIO NUNES sabatinado no Senado para vaga no STF, nesta 4ª 21/10/2020
KASSIO NUNES sabatinado no Senado para vaga no STF, nesta 4ª
 
METRO BH - Bolsonaro inclui Linha 2 no Programa de Privatizações 21/10/2020
METRO BH - Bolsonaro inclui Linha 2 no Programa de Privatizações
 
RODRIGO MAIA, Pró-Mercado, descarta prorrogar Estado de Calamidade 18/10/2020
RODRIGO MAIA, Pró-Mercado, descarta prorrogar Estado de Calamidade
 
AUXÍLIO EMERGENCIAL EM 2021 - Guedes Nega Continuidade dos Pagamentos 17/10/2020
AUXÍLIO EMERGENCIAL EM 2021 - Guedes Nega Continuidade dos Pagamentos
 
CORREIOS Fábio Faria entrega projeto de desestatização a Bolsonaro 14/10/2020
CORREIOS Fábio Faria entrega projeto de desestatização a Bolsonaro
 
GUEDES defende reformas e rigor fiscal em apresentação ao Comitê do FMI 13/10/2020
GUEDES defende reformas e rigor fiscal em apresentação ao Comitê do FMI
 
STF Marco Aurélio solta André Rap e Fux prende chefe do PCC novamente 11/10/2020
STF Marco Aurélio solta André Rap e Fux prende chefe do PCC novamente
 
RECONHECIMENTO FACIAL Governo implanta Projeto em Aeroportos 10/10/2020
RECONHECIMENTO FACIAL Governo implanta Projeto em Aeroportos
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites