Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

30 de Setembro de 2020 as 00:09:24



OS MERCADOS Fechamento em 29.09.2020: Incerteza, Mercados Cautelosos



CONEXÃO MERCADO – Fechamento em 29.09.2020
 
Roger Marçal – Gerente,
Luiz Claudio Arraes Liberali
e Adriana dos Santos Lima,
do BB DIMEF Cenários Financeiros
Ambiente Externo
 
Mercados fecharam divididos e cautelosos, com investidores contrabalanceando as notícias e avaliando o cenário.
 
► No exterior, os mercados fecharam o dia em viés de cautela, mesmo após o indicador de confiança do consumidor, referente ao mês de setembro nos EUA, ter vindo acima das expectativas. A atenção dos investidores concentrou-se no possível desfecho do debate eleitoral entre o presidente Donald Trump e Joe Biden, que ocorrerá hoje às 22h (horário de Brasília).
 
► Porém, não menos importante, as preocupações com o aumento do número de casos de infectados pelo coronavírus no mundo e a falta de um acordo sobre o pacote fiscal anunciado pala presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, de US$ 2,2 trilhões, também pressionaram os ativos.
 
► Em relação a fala dos dirigentes do Fed, Robert Kaplan (Dallas) voltou a defender a necessidade de implementação de mais apoio fiscal nos Estados Unidos. Já John Willians (Fed Nova York) afirmou que a instituição não está preocupada com pressões inflacionárias, no momento. Segundo ele, a recuperação econômica foi mais forte do que muitos imaginaram, e espera que continue forte neste final de ano e em 2021. No entanto, alertou que uma desaceleração dos estímulos fiscais poderia prejudicar essa trajetória de recuperação. 
 
► O petróleo fechou em queda, em meio as incertezas sobre a demanda devido ao avanço global do coronavírus e a informação de que a Líbia retomou a produção em uma de suas plataformas que estavam paralisadas desde o ano passado.
 
► Bolsas: Em NY e na Europa, os índices fecharam em queda, refletindo as preocupações com o debate nos EUA e a piora da pandemia no mundo. A falta de um acordo comercial para o pós-Brexit também pesou negativamente sobre as bolsas europeias.
 
► Juros: as yields dos treasuries recuaram em todos os prazos refletindo a busca por ativos defensivos.
 
► Câmbio: O dólar fechou em queda contra seus pares principais, horas antes do debate entre Trump e Biden, com o índice DXY recuando quase 0,5%. Entre as emergentes, a divisa americana ficou mista, após oscilações. A cautela generalizada, juntamente com o recuo do petróleo e embates geopolíticos limitaram ganhos
 
Ambiente Interno
 
Mercados oscilaram diante da continuidade das incertezas com as questões locais
 
No Brasil, os mercados operaram voláteis, mas com predominância de viés negativo em meio as preocupações com o quadro fiscal.
 
► Na parte da manhã o presidente Bolsonaro defendeu a responsabilidade fiscal e o teto de gastos. Entretanto, o senador Marcio Bittar, relator do Orçamento e da PEC do Pacto Federativo confirmou que a proposta de utilizar recursos de precatórios como fonte de financiamento do programa Renda Cidadã ainda está firme, não há perspectiva de mudanças para essa ideia inicial.
 
► Ainda no campo político, o presidente do senado, Davi Alcolumbre, afirmou que pretende convocar a sessão do Congresso que irá apreciar o veto presidencial sobre a desoneração da folha de pagamentos para esta quarta-feira (29/09), conforme já estava previsto.
 
► Cabe ressaltar que aparentemente há uma disposição política para a derrubada do veto dessa matéria que pode trazer impactos fiscais.
 
► Dólar: apontou volatilidade marginal ao longo do dia, mas segue para fechar em ligeira baixa, acompanhando o viés observado perante algumas emergentes exterior. Contudo, as preocupações de âmbito fiscal impediram uma desvalorização mais firme da divisa americana.
 
► Juros: fecharam em alta nos vértices médios (entre julho/21 e abril/23) refletindo as incertezas com o quadro fiscal, nos prazos mais longos o viés foi de ligeira baixa acompanhando o dólar e ajuste técnico, após a alta acentuada de ontem.
 
► Ibovespa: fechou em queda, após oscilar no início do pregão, pois acabou prevalecendo mau humor dos agentes com as questões fiscais. Perdeu o patamar de 94 mil pts, com destaque negativo para ações do setor financeiro, varejistas e Petrobras, que reverteu o movimento de alta, sucumbindo a queda do petróleo.
 
Confira no anexo a pintegra do relatório a respeito, elaborado por ROGER MARÇAL, Gerente, LUIZ CLAUDIO LIBERATI  e ADRIANA S. LIMA, 
do BB DIMEF Cenários Financeiros

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Roger Marçal, Gerente, Luiz Claudio Arraes Liberali e Adriana dos Santos Lima, do BB DIMEF Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
OS MERCADOS - Fechamento em 30.10.2020: IBOVESPA em Queda Expressiva 30/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 30.10.2020: IBOVESPA em Queda Expressiva
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 29.10.2020: Ibovespa ao final zerou perdas do dia 29/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 29.10.2020: Ibovespa ao final zerou perdas do dia
 
SANTANDER - Resultado no 3º trimestre/2020 - Resultado Robusto 28/10/2020
SANTANDER - Resultado no 3º trimestre/2020 - Resultado Robusto
 
OS MERCADOS  FECHAMENTO em 28.10.2020: Aversão ao Risco e Expectativa pelo COPOM 28/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 28.10.2020: Aversão ao Risco e Expectativa pelo COPOM
 
GUIA DE AÇÕES, 27.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 28/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 27.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO 27.10: Cautela Pré-Copom, Incertezas Fiscais nos EUA 28/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO 27.10: Cautela Pré-Copom, Incertezas Fiscais nos EUA
 
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 27/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira 26/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira
 
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 26/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros 23/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites