Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

01 de Outubro de 2020 as 15:10:34



O MERCADO AGORA - 01.10.2020: Incertezas Fiscais trazem Volatilidade e Cautela



Os Mercados Agora em 01.10.2020 às 12h40
por Roger Marçal,
Eduardo Toneto
e Elifrancis Almeida
do BB DIMEF Cenários Financeiros
Mercado Externo
 
Mercados oscilam em meio à dúvidas quanto ao pacote fiscal americano, mas mantem viés positivo
 
► No exterior, os mercados perderam boa parte do otimismo observado pela manhã, após sinais de continuação dos impasses nas negociações do pacote fiscal americano e indicadores fracos nos EUA.
 
► Nesta manhã, a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, gerou desconforto nos mercados ao dizer que os republicanos não compartilham os mesmos valores e criticar o governo por não ceder em alguns pontos nas negociações.
 
► Em relação aos indicadores, nos EUA o índice de atividade industrial ISM recuou a 55,4 em setembro ante agosto, enquanto a previsão apontava para alta a 56,3. O PMI da indústria avançou de 53,1 em agosto para 53,2 em setembro, abaixo do previsto (53,5).
 
          Já os pedidos de seguro-desemprego atingiram 837 mil na última semana e, embora tenham ficado abaixo da previsão de 850 mil, mostram uma estabilização em níveis ainda muito elevados. O núcleo de preços do PCE acelerou a 1,6% em agosto, enquanto os gastos pessoais subiram 1,0% e a renda cedeu 2,7% (prev. -2,5%).
 
► Bolsas: Em NY, os índices operam em alta, embora tenham perdido parte do animo após dúvidas lançadas por Nancy Pelosi.
 
► Juros: as yields dos treasuries oscilaram e perderam parte do ímpeto da valorização matinal, após dados americanos, no geral, pouco animadores e cautela com as negociações sobre o pacote fiscal.
 
► Câmbio: dólar continua recuando levemente frente à maioria dos seus pares principais, embora a libra recue, pressionada pelos impasses nas negociações do pós-Brexit. A maioria das divisas emergentes continua em valorização frente ao dólar, mas algumas sofrem pressão com a queda do petróleo.
 
Mercado Interno
 
Incertezas fiscais adicionam volatilidade e cautela aos negócios
 
► No Brasil, os mercados operam voláteis e com viés de cautela, diante das preocupações fiscais em torno do impasse com as fontes de financiamento do Renda Cidadã.
 
► No mais, a falta de avanços na tramitação das reformas administrativa e tributária também adiciona incertezas e ruídos ao cenário local.
 
► O presidente do BC, Campos Neto, em evento virtual do JP Morgan, repetiu que o Copom não pretende reduzir o grau de estímulo monetário e que o espaço remanescente para uso da política monetária, se houver, deve ser pequeno.
 
► A arrecadação federal somou R$ 124.505 bilhões em agosto, o melhor resultado para o mês nos últimos 6 anos. Com a retomada da atividade e o fim do adiamento do pagamento de tributos, o resultado representa um aumento real de 1,3% na comparação anual e um aumento de 7,08% na comparação mensal.
 
►  O Índice de Confiança Empresarial da FGV subiu 3 pontos em setembro ante agosto, para 97,5 pontos. Após cinco meses consecutivos de altas, o índice já está 1,5 ponto acima do nível de fevereiro deste ano, antes do abalo da pandemia.
 
► Dólar: opera em alta frente ao real,, ficando próximo de R$ 5,65, diante da cautela fiscal e política.
 
► Juros: agregam prêmios de risco em todos os prazos, especialmente nos médios e longos, refletindo as preocupações fiscais e a alta do dólar.
 
► Ibovespa: opera em queda, ficando no nível em torno dos 94 mil pts, com os negócios limitados pelas incertezas locais. Destaque para queda do setor financeiro, Petrobras, Vale e Eletrobrás.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, elaborado por
ROGER MARÇAL, gerente, EDUARDO TONETO e ELIFRANCIS ALMEIDA,
integrantes do BB DIMEF Cenários Financeiros


Fonte: por Roger Marçal, Eduardo Toneto e Elifrancis Almeida do BB DIMEF Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
OS MERCADOS - Fechamento em 30.10.2020: IBOVESPA em Queda Expressiva 30/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 30.10.2020: IBOVESPA em Queda Expressiva
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 29.10.2020: Ibovespa ao final zerou perdas do dia 29/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 29.10.2020: Ibovespa ao final zerou perdas do dia
 
SANTANDER - Resultado no 3º trimestre/2020 - Resultado Robusto 28/10/2020
SANTANDER - Resultado no 3º trimestre/2020 - Resultado Robusto
 
OS MERCADOS  FECHAMENTO em 28.10.2020: Aversão ao Risco e Expectativa pelo COPOM 28/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 28.10.2020: Aversão ao Risco e Expectativa pelo COPOM
 
GUIA DE AÇÕES, 27.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 28/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 27.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO 27.10: Cautela Pré-Copom, Incertezas Fiscais nos EUA 28/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO 27.10: Cautela Pré-Copom, Incertezas Fiscais nos EUA
 
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 27/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira 26/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira
 
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 26/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros 23/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites