Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

06 de Outubro de 2020 as 19:10:50



MERCADOS Fechamento em 06.09.2020: Trump abre a boca e as bolsas caem



Conexão Mercado – Fechamento em 06.10.2020
 
Roger Marçal – Gerente
Luiz Claudio Arraes Liberali
Romulo Ramos Alves
do BB DIMEF Cenários Financeiros
 
► No exterior, os investidores encerraram o dia mantendo posições mais defensivas após a fala de Trump, de que não aceitará a proposta da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, de um pacote de estímulo fiscal no valor de US$ 2,4 trilhões para resgatar estados democratas.
 
► Em seus discursos, Powell, presidente do Fed, e Harker, dirigente da instituição, ressaltaram a importância de mais estímulos fiscais. Powell inclusive frisou que no momento não é hora de se preocupar com o déficit, mas com a retomada da economia. Acrescentou que apesar dela estar se comportando melhor do que as expectativas, tudo é muito incerto, pois depende da evolução do coronavírus. No mais, afirmou que se houver uma “desaceleração na melhora”, há risco de instalação de uma dinâmica recessiva.
 
► A fala do médico de Trump, de que os sinais vitais e o exame físico do líder seguem estáveis em relação ao covid-19, da diretora de comunicação da Casa Branca, de que o presidente melhora rápido, e do Diretor da OMS, Tedros, de que uma vacina contra o coronavírus poderá ficar pronta até o final de 2020, não foram suficientes para mudar o viés de cautela dos investidores.
 
► Bolsas: Em NY, os principais índices americanos fecharam nas mínimas após declaração de Trump de que rejeitará pacote de estímulos fiscais proposto pelos democratas. Destaques de queda: Apple e Boeing (caiu mais de 6%, após o anúncio de que a empresa cortou 11% da sua projeção de demanda por novas aeronaves nas próximas décadas). Já na Europa, as sinalizações da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, de mais estímulos monetários contribuíram para sustentar os índices em alta.
 
► Juros: As yields dos treasuries seguiram em alta, nos prazos curtos, devido à demanda por T-Notes de 2 anos, no leilão do Tesouro, ter vindo abaixo da média. Já os longos fecharam em queda refletindo a maior busca por segurança.
 
► Câmbio: O dólar fechou em alta contra a maioria das moedas, com o índice DXY ficando acima dos 93,74 pontos, refletindo o sentimento de maior aversão ao risco que dominou os mercados no final da sessão.
 
Mercado Interno
 
Mercados domésticos viram junto com o exterior após declaração de Trump e incertezas fiscais.
 
► No Brasil, os mercados operavam com viés positivo, mas nem mesmo as recentes amenidades vistas na cena política em favor da agenda econômica foi suficiente para sustentar os ativos domésticos, após turbulência criada no exterior com a declaração de Trump em uma rede social.
 
► No mais, o senador Marcio Bittar informou que deve entregar o pacto federativo e a PEC emergencial na próxima semana, inclusive o Renda Cidadã. Porém, circulam informações nos noticiários de que Bolsonaro não pretende avalizar medidas impopulares para o financiamento do programa até as eleições e pode adiar as discussões para o final do ano.
 
► Mesmo que o Renda Cidadã seja submetido ao Congresso, existe ainda o receio de que nenhuma decisão seja tomada na casa antes das eleições municipais. Assim, as preocupações com o quadro fiscal devem permear os mercados ainda por alguns meses, pressionando (principalmente, mas não somente) as taxas de juros.
 
► Dólar: segue para fechar em alta, em linha com o movimento das demais moedas emergentes e com as indefinições que atingem o campo fiscal. No momento, segue para fechar cotado próximo aos R$ 5,59.
 
► Juros: fecharam em alta, pressionados pelo exterior, câmbio e continuidade das preocupações fiscais.
 
► Ibovespa: fechou em queda, abaixo dos 96 mil pontos. A bolsa brasileira, que chegou a operar acima dos 97 mil nas máximas, foi impactada negativamente pela fala de Trump, que derrubou as bolsas em NY.
 
Chamada de Capa da Redação JF.
Confira no anexo a íntegra do relatório original a respeito, elaborado por Roger Marçal, Gerente, Luiz Claudio Arraes Liberali, Romulo Ramos Alves, do BB DIMEF Cenários Financeiros.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Roger Marçal, Gerente, Luiz Claudio Arraes Liberali, Romulo Ramos Alves, do BB DIMEF Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 27/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 26.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira 26/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 26.10.2020: Sentimento Global de Aversão ao Risco contamina bolsa brasileira
 
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 26/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 23.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros 23/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 23.10.2020: Queda por realização de lucros
 
OS MERCADOS - Abertura em 23.10.2020: Em Linha com o Ambiente Externo 23/10/2020
OS MERCADOS - Abertura em 23.10.2020: Em Linha com o Ambiente Externo
 
GUIA DE AÇÕES, 21.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 22/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 21.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS - Fechamento em 22.10.2020: Otimismo Cauteloso 22/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 22.10.2020: Otimismo Cauteloso
 
MERCADOS - FECHAMENTO  em 21.10.2020 No aguardo de definição do Pacote Fiscal 21/10/2020
MERCADOS - FECHAMENTO em 21.10.2020 No aguardo de definição do Pacote Fiscal
 
CONEXÃO MERCADO – AGORA 21.10.2020: Investidores aguardam definição do Pacote Fiscal nos EUA 21/10/2020
CONEXÃO MERCADO – AGORA 21.10.2020: Investidores aguardam definição do Pacote Fiscal nos EUA
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 20.10.2020 Expectativa de Pacote Fiscal nos EUA 20/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 20.10.2020 Expectativa de Pacote Fiscal nos EUA
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites