Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sexta-Feira, Dia 30 de Outubro de 2020 as 18:34:42



OS MERCADOS - Fechamento em 30.10.2020: IBOVESPA em Queda Expressiva



CONEXÃO MERCADO – FECHAMENTO – 30/10/2020
 
Roger Marçal – Gerente
Clara Cerqueira
claracerqueira@bb.com.br
Elifrancis Braga Almeida
do BB DIMEF Cenários Financeiros
MERCADO EXTERNO
 
Mercados fecharam divididos na véspera da semana mais importante do ano.
 
►  No exterior, mercados fecharam divididos, em meio a balanços decepcionantes das techs, apreensão com avanço do coronavírus, expectativa pela eleição americana na próxima terça-feira e indicadores econômicos melhores.
 
►  Nos EUA, em meio ao aumento no número de internações por coronavírus, a cidade de São Francisco anunciou a paralisação do processo de relaxamento das restrições à circulação de pessoas que começaria na próxima terça-feira.
 
►  No Reino Unido, a agência reguladora de medicamentos está acelerando a revisão das vacinas desenvolvidas pela Pfizer e AstraZeneca. Segundo a Bloomberg, o RU também pretende obter aprovação para usar vacinas sem esperar pela aprovação da agência reguladora da União Europeia.
 
►  Juros: As yields dos treasuries fecharam em alta, com maior intensidade nas partes médias e longas, impulsionadas pelo resultado dos indicadores, apesar da cautela gerada pelo coronavírus e pelo processo eleitoral.
 
►  Bolsas: Em NY, os índices terminaram em queda, puxados pela decepção com os resultados dos balanços das empresas de tecnologia. A lógica do “fique em casa” não resultou em números melhores do que se esperava. No mais, o avanço das infecções por coronavírus e eleição na próxima terça-feira corroboraram para o desempenho dos índices. Na Europa, as bolsas fecharam mistas. De um lado, paira o temor pelos efeitos do avanço do coronavírus e cautela diante da expectativa pela eleição nos  EUA. De outro, os dados econômicos positivos.
 
►  Câmbio: Dólar se fortaleceu ante seus pares, apontando para a manutenção de cautela diante das incertezas que pairam no cenário global. Destaque para a valorização da libra. As divisas emergentes, por sua vez, fecharam divididas frente ao dólar, porém mais para fracas diante da queda do petróleo e do ambiente de cautela.
 
MERCADO INTERNO
 
Mercados operaram voláteis, embora mistos, antes do feriado local (02/11), eleição nos EUA (03/11) e de uma agenda de eventos relevantes na semana
 
►  No Brasil, os mercados operaram voláteis, embora mistos, antes do final de semana prolongado pelo feriado local (02/11) e no aguardo pelo resultado das eleições americanas.
 
►  No mais, a indefinição com a agenda fiscal e o Orçamento de 2021, além da falta de avanços com as reformas seguem limitando os negócios.
 
►  O chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, comentou que o pagamento de juros subiu em setembro, em função dos índices de preços e swaps. No entanto, enfatizou que o déficit primário de R$ 64,559 bilhões do setor público consolidado em setembro foi o menor desde março.
 
►  Segundo as projeções do Tesouro, a dívida bruta do governo geral deve encerrar 2020 em 96% do PIB, reflexo do aumento de gastos para conter os efeitos da pandemia. No entanto, a dívida bruta deve continuar subindo, atingindo 100,5% do PIB em 2025 e chegando ao pico de 100,8% do PIB em 2026. Depois disso, o endividamento começa a cair, mas ainda estará em 98% do PIB em 2029.
 
►  Dólar: após forte volatilidade na primeira parte da sessão e entrada do BC com leilão de dólar à vista no nível dos R$ 5,80, em meio à cautela externa e incertezas locais, o BRL acabou fechando em queda, voltando para o patamar em torno de R$ 5,73.
 
►  Juros: terminaram mistos, embora com viés de queda nos prazos curtos e médios, no aguardo pela Ata do Copom na próxima terça-feira, enquanto os longos sobem diante das preocupações fiscais e incertezas que rondam o cenário global.
 
►  Ibovespa: fechou em queda expressiva, ficando no nível dos 93 mil pts, seguindo o viés negativo das bolsas externas. Destaque para queda do setor financeiro, Petrobras, Vale, Eletrobrás, varejistas e aéreas.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito elaborado por Roger Marçal, Gerente, Clara Cerqueira, Elifrancis Braga Almeida, do BB DIMEF Cenários Financeiros

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Roger Marçal – Gerente Clara Cerqueira claracerqueira@bb.com.br Elifrancis Braga Almeida do BB DIMEF Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
DOLAR cai a R$ 5,326 e IBOVESPA sobe a 110.575 pts 27/11/2020
DOLAR cai a R$ 5,326 e IBOVESPA sobe a 110.575 pts
 
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 25/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 23/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países 21/11/2020
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países
 
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO 17/11/2020
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO
 
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise 17/11/2020
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise
 
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 17/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites