Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sexta-Feira, Dia 06 de Novembro de 2020 as 18:11:40



LOJAS RENNER - Resultados no 3º trimestre/2020: NEGATIVO



LOJAS  RENNER  -  Resultados no 3º trimestre/2020:  NEGATIVO
 
Receita e margens mais pressionados do que o esperado.
 
O resultado referente ao 3T20 da Lojas Renner foi negativo, em nossa opinião. Apesar de já esperarmos uma queda de receita e de margens, dado que o setor de vestuário ainda segue como um dos mais prejudicados pela pandemia do Covid-19, as quedas foram mais acentuadas do que as nossas expectativas. 
 
Desempenho das Ações. 
 
No início deste ano, antes que os temores com o Covid-19 começassem a tomar espaço junto aos investidores, os papéis da LREN3 fecharam o mês de janeiro sendo negociados a R$ 57,10.
 
Desde então, o papel sofreu uma queda acentuada no mês de março (-36,9% m/m), seguido por uma recuperação parcial nos meses seguintes, mas ainda pressionada pelo forte impacto negativo da pandemia no setor de vestuário, o que levou os papéis a acumularem uma variação negativa de 23,8% desde o início do ano e de 13,4% nos últimos doze meses.
 
Após revisarmos nossas premissas de valuation e alterarmos nosso preço-alvo para o final de 2021 para R$ 47,10 (antes R$ 37,10), preferimos manter nossa recomendação Neutra, dado que não identificamos muito potencial de valorização frente ao preço corrente do papel.
 
Desempenho econômico-financeiro.
 
A Receita Líquida consolidada atingiu R$ 1,8 bilhão no 3T20, uma queda de 19,6% a/a e 17,4% abaixo das nossas estimativas.
 
Apesar da receita líquida proveniente das vendas de mercadorias continuar inferior na comparação anual (-14,5% a/a) e em relação ao esperado (-12,8% a/a), foi a receita de produtos e serviços financeiros que desapontou, vindo 52,7% inferior a/a e -49,2% r/e, em decorrência, principalmente, da queda acentuada das vendas no trimestre anterior, o que prejudicou a receita financeira no trimestre imediatamente seguinte.
 
A margem bruta, por sua vez, apresentou uma queda de 8,6 p.p. a/a, 7,2 p.p. inferior às nossas estimativas. Essa queda é resultado, principalmente, da menor participação da receita de produtos e serviços financeiros no consolidado, a qual conta com uma margem bruta próxima de 100%. Vale observar, ainda, que a margem bruta de varejo também contribuiu negativamente, vindo 6,6 p.p. abaixo na comparação anual, em decorrência de processo de remarcações visando ao ajuste do estoque.
 
Apesar das despesas operacionais apresentarem um decréscimo de 3,5% a/a, ante uma expectativa de aumento de 12,4% da nossa parte, a margem EBITDA Ajustada atingiu 4,7% no 3T20, 16,7 p.p. inferior a/a e -9,2 p.p. r/e. Já a margem líquida veio mais uma vez negativa, em -4,6% (-13 p.p. a/a e -5,9 p.p. r/e), como resultado da pressão sobre a margem bruta, da perda de alavancagem operacional e do maior impacto do resultado financeiro líquido negativo, dado o aumento do endividamento bruto da companhia.
 
A esse respeito, observamos o acréscimo de R$ 1,3 bilhão no endividamento bruto da companhia, como resultado da contratação de dívida visando ao reforço de caixa em um período incerto e com menor geração de caixa operacional para sustentar as obrigações da companhia. Com isso, a dívida líquida veio em R$ 1,1 bi, sendo que a relação Dívida Líquida/EBITDA Ajustado atingiu 0,77x, ante 0,35x no mesmo período do ano anterior. Ao nosso ver, apesar desse incremento – mais do que justificado dado o cenário econômico muito desafiador para o setor de vestuário – a alavancagem financeira da Lojas Renner segue saudável e em patamares adequados.
 
Revisão de Preço
 
O planejamento estratégico da Lojas Renner conta com um plano de expansão de lojas físicas e um plano de implementação de iniciativas digitais organizados em três projetos estruturantes.
 
O primeiro é voltado à construção da Visão Única do Cliente, com o objetivo de acertar mais na comunicação e relação com a marca. O segundo consiste no uso de dados para o Ciclo de Vida do Produto, permitindo o uso de inteligência artificial desde a captura de tendências até a distribuição de itens nas lojas. 
 
Já o terceiro projeto estruturante consiste na Transformação Omnicanal, de forma a proporcionar uma jornada de compra única mediante a completa integração dos canais de venda online e offline.
 
Entendemos que o planejamento estratégico da companhia, apesar de ter sofrido contratempos em função do cenário econômico e ter se deteriorado desde o início da pandemia, segue inalterado. Se, por um lado, houve um recuo nas aberturas de lojas físicas nos últimos meses, por outro, foram antecipadas diversas etapas relacionadas ao projeto de Transformação Omnicanal, haja vista a grande relevância que o canal digital ganhou desde o início do ano. 
 
Dentre as iniciativas tomadas, destacamos a implementação de novas formas de vendas digitais, como a venda por Whatsapp, disponível em 80 lojas, e a venda social Minha Sacola, com mais de 15 mil afiliados. 
 
Além disso, a companhia ampliou a entrega por meio da modalidade drive thru para 216 lojas e pela modalidade Ship From Store, agora presente em mais de 180 lojas. Vale observar também que o uso do estoque das lojas para atender as compras online já atingiu 17% dos pedidos na Renner, percentual esse que corresponde à meta para o ano de 2020.
 
Quanto aos projetos de Ciclo de Vida do Produto e Visão Única do Cliente, ressaltamos o lançamento em piloto do “Fashion Delivery”, iniciativa por meio da qual é definido um público-alvo e enviados itens selecionados para a casa do cliente através do uso de analytics.
 
Em nossa última revisão de preço, já esperávamos que a exposição da companhia ao consumo cíclico de vestuário e de artigos domésticos, aliado à alta exposição de suas vendas ao canal físico, prejudicassem os resultados de forma mais vigorosa durante o período de restrição ao comércio não essencial.
 
Infelizmente, o impacto negativo vem perdurando por mais tempo do que o inicialmente previsto, dado que, até que haja a retomada das atividades de forma mais intensa nos centros comerciais e empresariais, bem como das atividades escolares, o fluxo de pessoas nas lojas segue deteriorado.
 
Diante do exposto, e após incorporarmos os resultados do 9M20, alteramos nosso preço-alvo para o final de 2021 para R$ 47,10 (antes R$ 37,10), com manutenção da recomendação Neutra.
 
Apesar de contemplarmos, dentre as principais alterações em nossas premissas, um impacto negativo mais acentuado na receita de curto prazo e nas margens operacionais, nosso preço-alvo foi favorecido pela queda da taxa de desconto e pelo aumento da taxa de crescimento na perpetuidade. Aproveitamos ainda para incluir em nossas projeções para 2020 o reconhecimento de créditos tributários ocorridos no 2T20.
 
Tese de Investimentos. 
 
A tese de investimentos da Lojas Renner está baseada 
 
(i)  no bom histórico de expansão do parque de lojas físicas combinado com o avanço da estrutura digital, de forma a propiciar uma experiencia omnicanal aos seus clientes; 
(iI)   no acertado histórico de desenvolvimento de coleções; e 
(iII)  no oferecimento de produtos financeiros, contribuindo para aumento de vendas e incremento de margens.
 
Riscos.
 
Os riscos inerentes à tese de investimentos da Lojas Renner são: 
 
(i)   incapacidade de executar seu plano de expansão com manutenção de vendas e margens; 
(iI)   incapacidade de manter a atratividade das coleções, bem como erro na mensuração de estoque, em especial de peças com maior risco modal; e 
(iII)  aumento de provisões em função da inadimplência dos produtos financeiros oferecidos.
 
ESG.
 
Assumimos o compromisso de integrar aspectos ambientais, sociais e de governança corporativa (“ESG”, na sigla em inglês) nas análises das empresas de nosso universo de cobertura, a fim de atender ao interesse cada vez maior dos investidores nesse assunto. Para mais informações, acesso nosso relatório Seleção BB ESG. 
 
A Lojas Renner foi uma das companhias selecionadas para integrar nossa primeira seleção ESG, dada sua robusta governança corporativa, além do desenvolvimento de práticas socioambientais. O rating ESG da Lojas Renner, atribuído pela Refinitiv, é A (A- no pilar ambiental, A+ no pilar social e A+ no pilar Governança), sem quaisquer apontamentos de controvérsias.
 
Nos aspectos social e ambiental, destacamos que a companhia possui um plano estratégico de sustentabilidade empresarial, por meio do qual foram estabelecidos os temas prioritários para o desenvolvimento sustentável do negócio nos próximos cinco anos: 
 
(i)   fornecedores responsáveis; 
(ii)  gestão ecoeficiente; 
(iii) engajamento de colaboradores, comunidades e clientes; e 
(iv)  produtos eserviços sustentáveis.
 
No que tange ao tópico fornecedores responsáveis, vale mencionar que todos os fornecedores de revenda nacionais de confecção, calçados e acessórios devem ser certificados pela ABVTEX (Associação Brasileiro do Varejo Têxtil), a qual realiza uma avaliação da aderência dos fornecedores às boas práticas corporativas de responsabilidade socioambiental.
 
Além disso, a companhia realiza auditorias em 100% nos fornecedores de revenda nacionais da marca própria, tendo esse trabalho sido estendido para os fornecedores internacionais também em 2018.
 
Já quanto à gestão ecoeficiente, o foco dos esforços realizados consiste em garantir uma operação cada vez mais eficiente e de baixo impacto. Para tanto, são desenvolvidos projetos que buscam eficiência energética, redução do impacto de obras, diminuição da geração de resíduos e da emissão de gases de efeito estufa. 
 
Em 2018, foram assumidas metas e compromissos a serem atingidos até 2021: 80% de produtos menos impactantes, sendo 100% de algodão certificado, 100% da cadeia nacional e internacional de revenda com certificação socioambiental, 75% do consumo de energia corporativo será de fontes de energias renováveis e 20% de redução das emissões absolutas de CO2 frente ao inventário 2017.
 
Em relação ao engajamento de colaboradores, comunidades e clientes, destacamos os diversos projetos desenvolvido pelo Instituto Lojas Renner, como o de produção de algodão agroecológico por mulheres  líderes comunitárias quilombolas.
 
Por fim, em se tratando de produtos e serviços sustentáveis, a companhia conta hoje com 31% do total de produtos vendidos em 2019 feitos com matérias-primas e processos menos impactantes, e um serviço de logística reversa nas categorias de perfumaria e roupas, com os resíduos coletados também recebendo destinação correta.
 
No aspecto de governança corporativa, seu Conselho de Administração, com regimento interno próprio, é composto por oito membros, dos quais sete são independentes e duas são mulheres. O Conselho de Administração é, anualmente, objeto de avaliação formal, assim como o Diretor Presidente.
 
O Conselho conta com o apoio de quatro Comitês, todos com regimento interno próprio: 
 
(i)   Pessoas; 
(ii)  Sustentabilidade; 
(iii) Estratégico e 
(iv) Auditoria e Gestão de Riscos, o qual se tornou estatutário em 2018. 
 
Há ainda um Conselho Fiscal permanente e com regimento interno próprio.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, elaborado por GEORGIA JORGE,
do BB INVESTIMENTOS.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: GEORGIA JORGE, do BB INVESTIMENTOS.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 27.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 30/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 27.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
DOLAR cai a R$ 5,326 e IBOVESPA sobe a 110.575 pts 27/11/2020
DOLAR cai a R$ 5,326 e IBOVESPA sobe a 110.575 pts
 
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 25/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 23/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países 21/11/2020
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países
 
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO 17/11/2020
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO
 
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise 17/11/2020
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites