Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

09 de Novembro de 2020 as 19:11:23



OS MERCADOS FECHAMENTO em 09.11.2020: Forte Alta em linha com o Exterior



CONEXÃO MERCADO – FECHAMENTO em 09.11.2020
 
Roger Marçal, Gerente, 
Clara Cerqueira
Romulo Ramos Alves
do BB DIMEF Cenários Financeiros
MERCADO EXTERNO
 
Mercados globais disparam com Biden e vacina da Pfizer/BionTech.
 
► No exterior, o ambiente de maior propensão ao risco dominou os mercados, com investidores otimistas com a vitória de Biden, com chances minguantes de judicialização do pleito por Trump, conjugada à esperança de fast track do FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos) para aprovar o uso da vacina da Pfizer/BionTech nos EUA.
 
   O pedido de fast track para a fabricação será efetuado assim que se completarem dois meses da fase final de testes (na terceira semana de novembro), para a fabricação de 50 milhões de doses em 2020 e até 1,3 bi em 2021.
 
► Ainda nos EUA, Biden anunciou a equipe que vai montar a estratégia anti-covid: David Kessler (chefe da FDA na época de Bush pai e Clinton); Vivek Murthy (ministro da saúde de Obama); e Marcela Nunez-Smith (professora de Yale). Sobre a notícia da vacina da Pfizer/BionTech, Biden disse que é um grande avanço, porém frisou a necessidade do uso de máscaras e distanciamento social, no dia que os EUA ultrapassaram 10 milhões de infectados.
 
► Na Europa, a UE confirmou sobretaxas de US$ 4 bi sobre produtos dos EUA como compensação por subsídios à Boeing, e disse que espera um acordo com novo governo Biden em janeiro para suspensão das sobretaxas dos dois lados.
 
► Bolsas: Em NY, os índices fecharam em alta (exceto Nasdaq) com os investidores comemorando a vitória de Biden conjugado à notícia de que a Pfizer/BionTech terem anunciado que os testes finais de sua vacina têm mais de 90% de efetividade na prevenção da covid-19. Avaliação ratificada pelo respeitado imunologista Anthony Fauci. 
 
   No entanto, a informação de que Trump se recusa a assinar uma carta permitindo que a equipe de Biden tenha acesso às informações para o início da transição de governos reduziu parte dos ganhos. Vale destacar a nítida migração de investidores das ações das big techs de Nasdaq (fechou em queda) para ações de setores estrangulados pela pandemia (S&P + de 2% e Dow Jones + de 4%), como: aéreas, petrolífera, bancos e varejo não-eletrônico.
 
► Juros: As yields dos treasuries terminaram em alta, influenciadas pelas notícias envolvendo a vacina da Pfizer.
 
► Câmbio: Dólar se valorizou ante seus pares principais, com o DXY subindo em torno de +0,55%). Já em relação às emergentes, a moeda americana se desvalorizou ante a maioria, dado o ambiente de maior apetite pelo risco. Destaque para alta da libra (RU informou que houve progressos nas negociações do pós-brexit c/ a UE).
 
MERCADO INTERNO 
 
Em linha com o cenário externo, mercados estendem otimismo pela vitória de Biden com sinal positivo de vacina contra Covid-19
 
► No Brasil, os mercados operaram em linha com o ambiente externo na maior do dia, com fortes ganhos após anúncio do resultado do teste da vacina da Pfizer contra o coronavírus e ainda colhendo frutos do resultado das eleições americanas. Não obstante, apenas o câmbio sofreu revés e passou a operar em leve alta, em movimento alinhado ao índice Dólar e, em parte, ajustes após seguidas quedas.
 
► Vale ressaltar que o governo brasileiro mantém negociações com a Pfizer no Brasil para comprar a vacina e incluí-la no Programa Nacional Imunização do Ministério da Saúde, segundo porta-voz da própria farmacêutica. Por enquanto, a vacina passa por testes em estado avançado em mais de 3.000 voluntários em São Paulo e na Bahia, devendo ser importada das fábricas da Pfizer nos EUA e na Europa.
 
► Após bons resultados apresentados recentemente pela indústria automobilística,  agora foi a vez da indústria de cimento divulgar alta de 14,8% nas vendas de outubro. Em mais um sinal de retomada gradual da atividade econômica no país.
 
► Dólar: segue para fechar em leve alta frente ao real, cotado próximo aos R$ 5,38, acompanhando o Índice Dólar. Nas primeiras horas, chegou a ser cotado a R$ 5,22, com o otimismo em torno do resultado da vacina contra Covid-19, mas voltou a subir com ajustes após alcançar essa cotação.
 
► Juros: devolveram prêmios de risco em todos os vértices, em sintonia com a queda brusca do dólar nas primeiras horas, apesar de ter saído das mínimas com o revés do câmbio.
 
► Ibovespa: fechou em forte alta, em linha com os pares globais (exceto Nasdaq), próximo aos 104 mil pts., com perspectiva da vacina da Pfizer. Destaque para o excelente desempenho das ações das instituições financeiras e Petrobras, todos com altas entre 7% e 10% no pregão.
 
Confira no anexo a integra do relatório a respeito, elaborado por Roger Marçal, Gerente, Clara Cerqueira e Romulo Ramos Alves, do BB DIMEF Cenários Financeiros

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Roger Marçal, Gerente, Clara Cerqueira e Romulo Ramos Alves, do BB DIMEF Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 25/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 23/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países 21/11/2020
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países
 
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO 17/11/2020
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO
 
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise 17/11/2020
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise
 
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 17/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
CCR - Resultado 3º Trimestre /2020: FRACO 15/11/2020
CCR - Resultado 3º Trimestre /2020: FRACO
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites