Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

30 de Novembro de 2020 as 11:11:11



IRÁ promete resposta 'Calculada e Precisa' ao Assassinato de Cientista nuclear


Brigadeiro-general Amir Hatami
Irã promete resposta 'calculada e precisa' ao assassinato de cientista nuclear
 
A morte do cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi não ficará sem resposta, declarou o ministro da Defesa do Irã, brigadeiro-general Amir Hatami.
 
"O inimigo sabe bem, e como militar falo isso para ele, que nenhum crime, nenhum assassinato, nenhuma ação estúpida contra o povo iraniano ficará sem resposta",
 
afirmou no domingo, 29.11, o ministro durante o funeral do cientista em Teerã.
 
Ele também ressaltou que o assassinato teve como objetivo minar a união do país, mas o responsável pela tentativa não o conseguiu.
 
Kamal Kharrazi, um importante assessor do líder supremo iraniano, afirmou que Teerã responderá de forma decisiva ao assassinato de Mohsen Fakhrizadeh.
 
"Não há dúvidas que o Irã dará uma resposta calculada e decisiva aos criminosos que levaram o mártir Mohsen Fakhrizadeh da nação iraniana",
 
afirmou no domingo, 29.11.
 
O físico nuclear iraniano foi morto na 6ª feira, 27.11, na cidade de Absard, a 175 quilômetros da capital iraniana, causando indignação e protesto das autoridades do país.
 
O assassinato do físico Mohsen Fakhrizadeh, diretor de um renomado centro de pesquisa e inovação nuclear, resultou de um atentado com arma de fogo e bomba.
 
Embora a grande mídia divugue a informação de que Fakhrizadeh tenha sido o responsável maior pelo projeto nuclear iraniano, a grande contribuição desse cientista ao seu país foi a miniaturização da bomba nuclear de modo a poder ser inserida na cabeça do míssil de médio e longo alcance; e, ainda, de maneira tão segura que favoreça, após sair da atmosfera, ao retornar, seus materiais tenham resistência suficiente para resistir à elevada temperatura que o míssil alcança e possa atingir o alvo com precisão e eficácia. (Nota da Redação JF)
 
Hassan Rouhani, presidente do Irã, e Mohammad Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores, suspeitam Tel Aviv de envolvimento na morte do cientista iraniano, com as autoridades israelenses ainda não tendo comentado o incidente.
 
FONTE: SPUTNIKNEWS
 


Fonte: SPUTNIKNEWS





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
IMPEACHMENT de Trump será Justo, mas Rápido, assegura senador dos EUA 24/01/2021
IMPEACHMENT de Trump será Justo, mas Rápido, assegura senador dos EUA
 
PORTUGAL vai às Urnas escolher novo Presidente, neste domingo 24/01/2021
PORTUGAL vai às Urnas escolher novo Presidente, neste domingo
 
ÍNDIA é Autossuficiente em Vacinas contra Covid-19, afirma MODI 24/01/2021
ÍNDIA é Autossuficiente em Vacinas contra Covid-19, afirma MODI
 
ALEKSEI NAVALNY Manifestantes exigem libertação de oposicionista em Moscou 24/01/2021
ALEKSEI NAVALNY Manifestantes exigem libertação de oposicionista em Moscou
 
REINO UNIDO Nova Variante do Vírus pode ser mais mortal 23/01/2021
REINO UNIDO Nova Variante do Vírus pode ser mais mortal
 
VACINAS - Brasil paga por Escolhas Diplomáticas Erradas 22/01/2021
VACINAS - Brasil paga por Escolhas Diplomáticas Erradas
 
JOE BIDEN é empossado presidente em um EUA em crise 20/01/2021
JOE BIDEN é empossado presidente em um EUA em crise
 
JOE BIDEN será empossado no cargo de 46º presidente dos EUA 20/01/2021
JOE BIDEN será empossado no cargo de 46º presidente dos EUA
 
SINOVAC produzirá 1 Bilhão de doses/ano da CORONAVAC a partir de fevereiro 19/01/2021
SINOVAC produzirá 1 Bilhão de doses/ano da CORONAVAC a partir de fevereiro
 
ALEMANHA ampliará LockDown até meados de fevereiro 19/01/2021
ALEMANHA ampliará LockDown até meados de fevereiro
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites