Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

11 de Março de 2021 as 17:03:38



EBC entrará no Programa Nacional de Desestatização


Martha Seilleir, algoz da EBC
 
Informação é do Ministro das Comunicações, Fábio Faria
 
O ministro das Comunicações, Fábio Faria, informou na 4ª feira, 10,02, que a EBC Empresa Brasil de Comunicações entrará no PND Programa Nacional de Desestatização, conduzido pelo Ministério da Economia em parceria com o BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
 
“O BNDES vai contratar uma consultoria e nós iremos receber os estudos que virão”,
 
disse o ministro em entrevista à imprensa após reunião com o presidente da EBC, Glen Valente, e representantes do Ministério da Economia.
 
O ministro também comunicou a inclusão da EBC no PND em suas redes sociais.
 
Segundo a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha  Seillier, a EBC passará por um processo de benchmarking (comparação de performance com altos padrões) de padrão internacional para avaliar capacidades, competências e equivalências entre os serviços executados e a realidade de mercado para empresas do mesmo porte para identificar as melhores práticas.
 
O prazo dos estudos de viabilidade de desestatização ou de parcerias ainda não está definido, e dependerá de cronograma a ser definido entre os ministérios das Comunicações e da Economia e a empresa a ser contratada pelo BNDES.
 
“Caso o presidente Bolsonaro concorde, ele publicará um decreto - que leva de um a dois meses. Com a publicação, partimos para a contratação da consultoria, que também pode demorar até dois meses. Acredito que entre três e quatro meses a gente possa aprofundar os estudos de desestatização da empresa”,
 
afirmou Martha Seillier.
 
“A inclusão de uma empresa no PND não significa o seu fim, não significa que ela será, necessariamente, 100% privatizada. Significa que existe uma decisão que será encaminhada de avaliar ganhos com a desestatização”,
 
concluiu.
 
Sobre as expectativas em relação ao tema, Glen Valente afirmou que não há “hipótese cravada” sobre o futuro que será dado à empresa de comunicação. “Continuamos trabalhando e vamos explorar todas as alternativas”, disse.
 
“Vamos entrar na fase de estudos. Dentro desta fase, vamos explorar todas as alternativas disponíveis em parceria com o Ministério da Economia. Mantemos a gestão do processo [no âmbito] do Ministério [das Comunicações]”,
 
afirmou Glen Valente.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020. 20/04/2021
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020.
 
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde 20/04/2021
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde
 
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS 16/04/2021
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS
 
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts 16/04/2021
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts
 
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase 16/04/2021
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase
 
SALÁRIO MÍNIMO  Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real 15/04/2021
SALÁRIO MÍNIMO Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
 
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts 15/04/2021
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts
 
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE 15/04/2021
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
 
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV 15/04/2021
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV
 
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts 14/04/2021
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites