Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

24 de Março de 2021 as 21:03:07



VOLVO e SCANIA paralisam produção



A falta de componentes para a produção na indústria automotiva não está afetando apenas as montadoras de automóveis. As marcas de caminhões também estão anunciando medidas drásticas por conta do agravamento da pandemia de covid-19 no Brasil. 
 
Scania
 
A fábrica da Scania, em São Bernardo do Campo (SP), terá paralisação entre os dias 26 de março e 5 de abril. Essa decisão vai atingir a rotina de seus 4 mil funcionários.
 
A Anfavea Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores tem se reunido com frequência com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para tratarem sobre a diminuição de profissionais nas indústrias e a remuneração dos trabalhadores nesse período. 
 
A associação acredita que cada fábrica deverá definir os próximos passos com o sindicato de cada região.
 
Volvo
 
A Volvo, que possui sua linha de montagem em Curitiba (PR), dispensará aproximadamente 2 mil funcionários até o dia 31 de março por conta da falta de semicondutores. Segundo a montadora sueca, após esse período os empregados voltarão aos seus postos de trabalho. Atualmente são cerca de 3,7 mil profissionais no local,
 
Os que permanecerem trabalhando presencialmente na fábrica devem seguir contribuindo para a produção de ônibus e com parte da linha de caminhões, fazendo o envio de peças para as concessionárias.
 
Volkswagen 
 
Ao menos por enquanto, a fábrica de caminhões e ônibus da Volkswagen segue operando normalmente no Rio de Janeiro. A produção de automóveis da VW está suspensa por 12 dias corridos até 4 de abril nos estados de São Paulo e Paraná, onde estão localizadas todas as fábricas da marca no País.
 
Chevrolet
 
A Chevrolet é outra montadora que tem sofrido com a falta de peças em Gravataí (RS) na produção dos modelos Onix e Onix Plus. A marca também possui uma fábrica em São José dos Campos (SP), que tem operado em apenas um turno e com metade de funcionários desde o início da segunda semana de março.
 
Ford 
 
Em janeiro deste ano, a Ford anunciou o fechamento de suas fábricas no Brasil. Eles deixaram de produzir carros de passeio em vários países, segundo uma estratégia global da empresa. A crise do coronavírus acelerou esse processo de encerramento das atividades. 
 
Honda 
 
A Honda precisou parar a produção do Civic por 10 dias em março e, em breve, poderemos ter outras pausas sendo anunciadas por outras marcas.
 
A recomendação das montadoras é de que os funcionários permaneçam em casa, diminuindo assim a circulação de pessoas nas fábricas e colaborando para o maior distanciamento social. 
 


Fonte: MNSNEWS





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020. 20/04/2021
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020.
 
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde 20/04/2021
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde
 
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS 16/04/2021
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS
 
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts 16/04/2021
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts
 
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase 16/04/2021
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase
 
SALÁRIO MÍNIMO  Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real 15/04/2021
SALÁRIO MÍNIMO Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
 
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts 15/04/2021
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts
 
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE 15/04/2021
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
 
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV 15/04/2021
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV
 
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts 14/04/2021
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites