Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

31 de Março de 2021 as 22:44:27



DÓLAR recuou 2,31% a R$ 5,629 em 31.03. IBOVESPA, estável em 116.634 pts



Dólar tem maior queda diária em três semanas e fecha março em R$ 5,62
 
Bolsa caiu hoje, mas encerrou março com alta de 6%
 
Depois de um mês de forte volatilidade, o dólar teve a maior queda diária em três semanas e encerrou março praticamente estável em relação a fevereiro. A bolsa de valores registrou leve queda nesta 4ª feira, 31.03, mas fechou o mês com alta de 6%, o primeiro desempenho positivo do ano.
 
O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,629, com recuo de R$ 0,133 (-2,31%). Essa foi a maior queda diária desde o último dia 10, quando a divisa tinha caído 2,39%. Com o forte recuo de hoje, a moeda norte-americana encerrou março com alta de apenas 0,5%, embora tenha se aproximado de R$ 5,80 no último dia 9.
 
Em 2021, a divisa acumula desvalorização de 8,45%. O real registra o terceiro pior desempenho entre as principais moedas de países emergentes, atrás apenas do peso argentino e da lira turca.
 
Ibovespa e bolsa B3
 
No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 116.634 pontos, com leve recuo de 0,08%. O indicador subiu durante a manhã, mas inverteu o movimento e passou a cair à tarde. Na hora final de negociação, o ritmo de queda diminuiu, até o índice fechar praticamente estável.
 
O dólar foi ajudado por fatores externos e internos. No mercado internacional, aumentou o apetite por risco em mercados emergentes, como o Brasil. Paralelamente, a proximidade do início das exportações de soja levou investidores a apostar na queda do câmbio tendo em vista a entrada de divisas nos próximos meses.
 
As negociações em torno de vetos de pontos do Orçamento que podem resultar na violação do teto de gastos também interferiram no mercado financeiro. Nesta 4ª feira, 31.03, Hoje, o relator do Orçamento, senador Márcio Bittar (MDB-AC), informou que pretende cancelar R$ 10 bilhões de emendas parlamentares aprovadas no texto para recompor despesas obrigatórias, como as da Previdência Social.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020. 20/04/2021
TURISMO Operadoras perderam 2/3 do faturamento em 2.020.
 
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde 20/04/2021
IMPOSTOS - Arrecadação Federal sobe 18% e bate recorde
 
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS 16/04/2021
General Silva e Luna, confirmado no comando da PETROBRAS
 
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts 16/04/2021
DÓLAR cai a R$ 5,585 em 16.03; IBOVESPA sobe 0,34% a 121.114 pts
 
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase 16/04/2021
OPEN BANKING - Banco Central altera norma para 2ª fase
 
SALÁRIO MÍNIMO  Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real 15/04/2021
SALÁRIO MÍNIMO Governo propõe SM de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
 
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts 15/04/2021
DÓLAR sobe 0,75% a R$ 5,628 em 15.04; IBOVESPA sobe 0,34% a 120.701 pts
 
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE 15/04/2021
SETOR DE SERVIÇOS registra Crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
 
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV 15/04/2021
INFLAÇÃO já soma 9,16% no ano e de 31,74%, em 12 meses pelo IGP-10, da FGV
 
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts 14/04/2021
DÓLAR cai 0,82% a R$ 5,67, em 14.04; IBOVESPA sobe 0,84% a 120.295 pts
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites