Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

03 de Setembro de 2021 as 11:09:30



CRÉDITO IMOBILIÁRIO da CAIXA bate recorde em agosto



 
Empréstimos feitos no mês passado somaram mais de R$ 14 bilhões
 
O crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal bateu recorde em agosto. O banco, que concentra cerca de dois terços do crédito para o setor em todo o país, registrou a contratação de cerca de R$ 14 bilhões no mês passado, alta de 33,3% em relação ao mesmo mês do ano passado.
 
Este foi o maior volume de empréstimos imobiliários da instituição financeira em um único mês. O recorde anterior havia sido registrado em junho deste ano, quando as contratações haviam alcançado R$ 13,1 bilhões.
 
A maior parte dos empréstimos imobiliários em agosto foi contratada com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que totalizou cerca de R$ 9 bilhões em agosto, com alta de 70,1% em relação a agosto de 2020. Destinado a famílias com renda mensal a partir de R$ 5 mil, o SBPE financia a compra de até 80% do valor do imóvel, com 35 anos para pagar.
 
Na comparação com 2019, a alta é ainda maior. O volume de contratações cresceu 208,5% em relação a agosto do ano retrasado. Os empréstimos com recursos do SPBE saltaram 301,7% na mesma comparação.
 
Com o resultado de agosto, a Caixa emprestou R$ 91,1 bilhões no crédito imobiliário a cerca de 1,6 milhão de mutuários em 2021. No ano, o banco financiou 406 mil novas unidades habitacionais e 1.633 novos empreendimentos, alta de 21,1% em relação aos oito primeiros meses de 2020.
 
Com 67% de participação no crédito imobiliário, a Caixa é líder na concessão de crédito para o setor no país. A carteira de crédito habitacional, que registra todos os empréstimos em estoque, soma R$ 534,6 bilhões e 5,7 milhões de contratos assinados.
 
CONFIRA TAMBÉM
 
 


Fonte: AGENCIA BRASIL.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
SULGÁS - Governo do RS vende em Leilão sua estatal de Gás 22/10/2021
SULGÁS - Governo do RS vende em Leilão sua estatal de Gás
 
DÓLAR cai a R$ 5,627 e IBOVESPA cai 1,34%. Mercado se acalma com visita de Bolsonaro a Guedes 22/10/2021
DÓLAR cai a R$ 5,627 e IBOVESPA cai 1,34%. Mercado se acalma com visita de Bolsonaro a Guedes
 
CONTAS EXTERNAS - BC Estima Déficit de US$ 21 Bilhões em 2021 01/10/2021
CONTAS EXTERNAS - BC Estima Déficit de US$ 21 Bilhões em 2021
 
CONTAS EXTERNAS - DÉFICIT de US$ 20,7 BI em 12 meses; e de US$ 1,7 BI só em Setembro 22/10/2021
CONTAS EXTERNAS - DÉFICIT de US$ 20,7 BI em 12 meses; e de US$ 1,7 BI só em Setembro
 
PREÇO DE COMBUSTÍVEIS - Não há Perspectivas de Estabilização, diz Petrobras 22/10/2021
PREÇO DE COMBUSTÍVEIS - Não há Perspectivas de Estabilização, diz Petrobras
 
DÓLAR sobe 1,92% a R$ 5,668 e IBOVESPA cai 2,79%, em 21.10 22/10/2021
DÓLAR sobe 1,92% a R$ 5,668 e IBOVESPA cai 2,79%, em 21.10
 
COMBUSTÍVEIS - Setor Privado alega Defasagem de Preços para Não importar Combustíveis 20/10/2021
COMBUSTÍVEIS - Setor Privado alega Defasagem de Preços para Não importar Combustíveis
 
DÓLAR tem alta de 1,33% a R$ 5,594, mesmo com BC vendendo US$500 MI das Reservas Internacionais 19/10/2021
DÓLAR tem alta de 1,33% a R$ 5,594, mesmo com BC vendendo US$500 MI das Reservas Internacionais
 
DÓLAR subiu 1,21% a R$ 5,521; IBOVESPA  estável, mas já desvalorizou 3,86% em 2021 18/10/2021
DÓLAR subiu 1,21% a R$ 5,521; IBOVESPA estável, mas já desvalorizou 3,86% em 2021
 
BOLETIM FOCUS - Mercado eleva Projeção da Inflação para 8,69% 18/10/2021
BOLETIM FOCUS - Mercado eleva Projeção da Inflação para 8,69%
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites