Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Quarta-Feira, Dia 01 de Dezembro de 2021 as 22:11:36



BRASIL tem 13,5 Milhões de Desempregados, 30.7 Milhões Subutilizados e 5 Milhões de Desalentados



PNAD Contínua: Taxa de Desocupação é de 12,6% e taxa de subutilização, de 26,5% no trimestre encerrado em setembro
30.11.2021
 
O IBGE divulga nesta 3ª feira, 30.01, a nova série da PNAD Contínua, que foi reponderada devido a, entre outros fatores, a mudança na forma de coleta de pesquisa, durante a pandemia de Covid-19.
 
A taxa de desocupação (12,6%) do trimestre móvel de julho a setembro de 2021 mostrou recuo de 1,6 ponto percentual (p.p.) em relação ao trimestre de abril a junho de 2021 (14,2%) e de 2,2 p.p. frente ao mesmo trimestre móvel de 2020 (14,9%).
 
A população desocupada (13,5 milhões de pessoas) diminuiu 9,3% (menos 1,4 milhão de pessoas) frente ao trimestre terminado em junho (14,8 milhões de pessoas) e 7,8% (menos 1,1 milhão de pessoas) ante ao mesmo trimestre móvel de 2020 (14,6 milhões de desocupados).
 
A população ocupada (93,0 milhões de pessoas) cresceu 4,0% (3,6 milhões de pessoas) frente ao trimestre anterior e 11,4% (9,5 milhões de pessoas) frente ao mesmo trimestre móvel de 2020.
 
O nível da ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) foi estimado em 54,1%, subiu 2,0 p.p frente ao trimestre de abril a junho de 2021 (52,1%) e de 5,1 pontos percentuais frente ao mesmo período do ano anterior (49,0%).
 
A taxa composta de subutilização (26,5%) caiu 2,0 p.p. em relação ao trimestre de abril a junho de 2021 (28,5%) e 3,9 p.p. ante ao mesmo trimestre de 2020 (30,4%).
 
A população subutilizada (30,7 milhões de pessoas) diminuiu 5,7% (menos 1,9 milhão de pessoas) frente ao trimestre anterior (32,6 milhões de pessoas) e 8,9 p.p. (menos 3,0 milhões de pessoas) no confronto com igual trimestre de 2020 (33,7 milhões de pessoas subutilizadas).
 
A população subocupada por insuficiência de horas trabalhadas (7,8 milhões de pessoas) apresentou estabilidade em relação ao trimestre anterior (7,7 milhões de pessoas) e crescimento em relação ao ano anterior (6,3 milhões de pessoas).
 
A população fora da força de trabalho (65,5 milhões de pessoas) recuou 2,7% (menos 1,8 milhão de pessoas) ante o trimestre anterior e caiu 9,4% no ano (menos 6,8 milhões de pessoas).
 
A população desalentada (5,1 milhões de pessoas) teve redução de 6,5% (menos 360 mil pessoas) frente ao trimestre anterior e de 12,4% frente a igual período de 2020 (5,9 milhões de pessoas).
 
O percentual de desalentados na força de trabalho (4,6%) variou -0,4 ponto percentual em relação ao trimestre anterior (5,0%) e -1,0 p.p. na comparação com igual trimestre de 2020 (5,6%).
 
O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado (exclusive trabalhadores domésticos) foi de 33,5 milhões de pessoas, subindo 4,4% (mais 1,4 milhão de pessoas) frente ao trimestre anterior e 8,6% (mais 2,7 milhões de pessoas) frente a 2020.
 
O número de empregados sem carteira assinada no setor privado (11,7 milhões de pessoas) apresentou elevação de 10,2% (1,1 milhão de pessoas) em relação ao trimestre anterior e de 23,1% (2,2 milhões de pessoas) em relação a igual trimestre de 2020.
 
O número de trabalhadores por conta própria (25,5 milhões de pessoas) cresceu 3,3% (817 mil pessoas) na comparação mensal e 18,4% (4,0 milhões de pessoas) na comparação anual.
 
O número de trabalhadores domésticos (5,4 milhões de pessoas) aumentou 9,2% no confronto com o trimestre de abril a junho e 21,3% frente a igual período de 2020.
 
A taxa de informalidade foi de 40,6% da população ocupada, ou 38 milhões de trabalhadores informais. No trimestre anterior, a taxa havia sido 40,0% e, no mesmo trimestre de 2020, 38,0%.
 
O rendimento real habitual (R$ 2.459) caiu 4,0% frente ao trimestre anterior e recuou 11,1% relação a igual trimestre de 2020.
 
A massa de rendimento real habitual (R$ 223,5 bilhões) ficou estável em ambas as comparações.
 
CONFIRA a íntegra do comunicado do IBGE. Clique AQUI


Fonte: IBGE





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
AUXÍLIO BRASIL  começa a ser pago nesta terça-feira 18/01/2022
AUXÍLIO BRASIL começa a ser pago nesta terça-feira
 
CIRCUITO DE NEGÓCIOS AGRO BB oferece Crédito Itinerante a Pequenos Produtores 18/01/2022
CIRCUITO DE NEGÓCIOS AGRO BB oferece Crédito Itinerante a Pequenos Produtores
 
DÓLAR pressionado pela Fuga de Capitais. IBOVESPA sobe a 106.668 pts 18/01/2022
DÓLAR pressionado pela Fuga de Capitais. IBOVESPA sobe a 106.668 pts
 
RIO: Veja impactos da Variante Ômicron sobre Transportes e Serviços 17/01/2022
RIO: Veja impactos da Variante Ômicron sobre Transportes e Serviços
 
PRÉ-SAL - Petrobras atingiu Recorde de Produção no pré-sal em 2021 17/01/2022
PRÉ-SAL - Petrobras atingiu Recorde de Produção no pré-sal em 2021
 
DÓLAR subiu a R$ 5,527: IBOVESPA caiu a 106.374  em 17.01 17/01/2022
DÓLAR subiu a R$ 5,527: IBOVESPA caiu a 106.374 em 17.01
 
OFAM: Pandemia fez um Novo Bilionário a cada 26 horas 17/01/2022
OFAM: Pandemia fez um Novo Bilionário a cada 26 horas
 
IBC-BR - Atividade Econômica cresceu 0,69% em novembro, diz o BC 17/01/2022
IBC-BR - Atividade Econômica cresceu 0,69% em novembro, diz o BC
 
DÓLAR cai a R$ 5,51 e IBOVESPA sobe pois as Ações estavam baratas demais 15/01/2022
DÓLAR cai a R$ 5,51 e IBOVESPA sobe pois as Ações estavam baratas demais
 
EUA recomendam que População use 16/01/2022
EUA recomendam que População use "Máscara Mais Protetora Possível"
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites