Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

22 de Junho de 2022 as 12:06:13



POLÍCIA FEDERAL prende ex-ministro Milton Ribeiro cumprindo Mandado da Justiça Federal


Bolsonaro e Milton Ribeiro
 
PF prende ex-ministro Milton Ribeiro 
 
Prisão envolve ‘gabinete paralelo’ no MEC e faz buscas contra pastores
 
A Polícia Federal (PF) prendeu Milton Ribeiro na manhã desta 4ª feira, 22.06, o ex-ministro da Educação de Jair Messias Bolsonaro, nas investigações sobre denúncias e evidências da existência de um ‘gabinete paralelo’ instalado naquele ministério, com favorecimento de pastores na distribuição de verbas.
 
A prisão foi determinada pelo juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal Criminal do DF, cujo Mandado de Prisão Preventiva, de nº 342/2022, menciona supostos "crimes de corrupção passiva (art.317 do Código Penal), prevaricação (art.319-CP), advocacia administrativa (art.321-CP) e tráfico de influência (art.332-CP)".
 
A PF faz buscas para captura de outros quatro supostos envolvidos, entre os quais os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, personagens que, segundo o inquérito, seriam centrais no esquema de corrupção alegado.
 
Por ordem do STF Superior Tribunal Federal, o inquérito foi aberto por Augusto Aras, procurador-geral da República,  ainda enquanto Milton Ribeiro estava no cargo de ministro da Educação, em regime de foro privilegiado, a cargo da ministra Carmem Lúcia.  Após o escândalo e a demissão do ministro, pelo presidente Jair Bolsonaro, perdido o foro privilegiadopelo ex-ministro, o processo foi endereçado à 1ª Instância da Justiça Federal pela ministra Carmen Lúcia e se encontra a cargo do juiz Renato Borelli, juiz substituto da Justiça Federal em Brasilia.
 
Daniel Bialski, o advogado que representa o ex-ministro no inquérito e está preparando um habeas corpus em favor de Milton Ribeiro, informou que os fatos alegados teriam se passado há muito tempo, de modo a não ser justificavel a prisão preventiva de seu cliente.
 
Essa operação da PF foi denominada ‘Acesso Pago’ e apura a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do FNDE Fundo Nacional de Desenvolvimento da EducaçãoA PF localizou Milton Rimeiro na cidade de Santos SP e o está conduzindo à Brasilia para interrogatório na 5ª feira, 23.06.
 
Denúncias em questão alegam superfaturamento de ônibus escolares, obras e programas de robótica em escolas municipais, alem dos pedidos de barras de ouro a prefeitos, em troca de ajuda para liberação de verbas no MEC.
 
A colunista Renata Cafardo, de O Estado de São Paulo, edição desta 4ª feira, comenta, em densa matéria que nada disso acabou com a prisão do ex-ministro, pois "assumiu o ministério o então secretário executivo de (Milton) Ribeiro, Victor Godoy que também recebia os mesmos lobistas com frequência. E ainda, não dá para esquecer que, em áudio revelado pela Folha de São Paulo, Ribeiro dizia ser Bolsonaro quem pedia a ele que se encontrasse com os pastores".
 
O mercado financeiro contra Jair Bolsonaro
 
Corre na internet, contudo, uma interessante interpretação desse movimento político contra o ex-ministro Milton Ribeiro e o ataque a Bolsonaro. Segundo ela, o movimento se assemelharia a uma briga entre facções: o mercado financeiro contra Jair Bolsonaro.
 
Diante do aumento extorsivo dos preços dos combustíveis, Bolsonaro, em desespero em razão da maior dificuldade em reeleger-se, pesou que a única alternativa seria enfrentar o mercado financeiro, tendo opetado por alterar a Lei das Estatais (Lei 13.303, de 2016) para impor à Petrobras limites no rejuste dos preços dos combustíveis. O presidente da República, De imediato, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, movimentaram-se favoravelmente à adoção de medidas para modificar a Lei das Estatais.
 
A resposta do mercado financeiro foi imediata, mesmo somando-se mais de três meses após a demissão do ex-ministro Milton Ribeiro. O ex-ministro foi preso e o alerta foi lançado à Bolsonaro e seus filhos, ao presidente do Senado e ao presidente da Câmara.


Fonte: DA REDAÇÃO JF com informações de O Povo, O Estado, Folha de São Paulo.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ICM-S sobre COMBUSTÍVEIS - Ao menos 20 Estados anunciaram redução 05/07/2022
ICM-S sobre COMBUSTÍVEIS - Ao menos 20 Estados anunciaram redução
 
SENADO aprova PEC com pacote de auxílios a carentes e a caminhoneiros 01/07/2022
SENADO aprova PEC com pacote de auxílios a carentes e a caminhoneiros
 
PETROBRAS reabre Processo de Privatização de Refinarias 28/06/2022
PETROBRAS reabre Processo de Privatização de Refinarias
 
POLÍCIA FEDERAL prende ex-ministro Milton Ribeiro cumprindo Mandado da Justiça Federal 22/06/2022
POLÍCIA FEDERAL prende ex-ministro Milton Ribeiro cumprindo Mandado da Justiça Federal
 
PRIVATIZAÇÃO da Petrobras - Proposta de Decreto susta Recomendação do Conselho para Privatização 22/06/2022
PRIVATIZAÇÃO da Petrobras - Proposta de Decreto susta Recomendação do Conselho para Privatização
 
BRUNO PEREIRA e DOM PHILIPS - Câmara aprova Comissão sobre Desaparecimento de Indigenista e Jornalista na Amazônia 16/06/2022
BRUNO PEREIRA e DOM PHILIPS - Câmara aprova Comissão sobre Desaparecimento de Indigenista e Jornalista na Amazônia
 
ALEXANDRE DE MORAIS eleito Presidente do TSE 15/06/2022
ALEXANDRE DE MORAIS eleito Presidente do TSE
 
GREVE DE ÔNIBUS em SAMPA - Acordo suspende a Greve 14/06/2022
GREVE DE ÔNIBUS em SAMPA - Acordo suspende a Greve
 
RECEITA FEDERAL abre Concurso Público para Analista Tributário e Auditor Fiscal 14/06/2022
RECEITA FEDERAL abre Concurso Público para Analista Tributário e Auditor Fiscal
 
CONCURSO PÚBLICO - INSS autorizado Concurso para Técnico de Seguro Social 14/06/2022
CONCURSO PÚBLICO - INSS autorizado Concurso para Técnico de Seguro Social
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites