Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quarta-Feira, Dia 30 de Outubro de 2019 as 16:10:13



MAGAZINE LUÍZA - Resultado no 3º trimestre/2019:Superior às Expectativas Otmistas



MAGAZINE LUÍZA - Resultado no 3º trimestre/2019
 
Superior às expectativas já positivas
 
O Magazine Luiza trouxe resultados positivos no 3T19. Destacamos, em particular, o crescimento do GMV da companhia em todos os canais de vendas (19% a/a em lojas físicas, 66,3% a/a no 1P e 300,2% a/a no 3P).
 
A Magalu continua se destacando de seus pares devido à sua capacidade de entrega trimestre após trimestre, motivo pelo qual mantemos a recomendação Outperform e nosso preço-alvo 20E em R$ 43,90.
 
Para fins de comparação anual, levamos em consideração os números ajustados divulgados pela companhia, os quais excluem os efeitos do IFRS 16 e os eventos não recorrente. Nesse contexto, observamos um crescimento significativo do GMV, conforme mencionado acima, o que levou a receita líquida a atingir R$ 4,9 bi (+32,5% a/a). 
 
A margem bruta, por sua vez, foi favorecida pela adição de novas categorias ao seu portfólio de produtos, além da maior participação do marketplace no GMV total (de 4,6% para 12,5%). Como resultado, a margem bruta atingiu 30,6% (+0,9 p.p. a/a).
 
Vale ressaltar que, embora a companhia tenha reportado queda na margem EBITDA ajustada e na margem líquida (-1,5 p.p. a/a e -0,5 p.p. a/a, respectivamente), isso já era esperado em face dos investimentos para melhoraria da experiência do cliente, bem como da aquisição da Netshoes.
 
Em comparação com as estimativas do BB-BI (que incluiu os efeitos do IFRS 16), fomos positivamente surpreendidos 
 
(i)    pelo aumento observado no 1P, de 66,3% ante 38% estimado, 
(ii)   pelo brilhante desempenho do marketplace, de +300,2% ante + 245,4% estimado, e 
(iii)  o forte SSS (+4,3 p.p. r/e). 
 
Destacamos também uma margem líquida acima do esperado (+ 2,0p.p. r/e), favorecida por um resultado financeiro mais benéfico decorrente da contabilização deatualização monetária de créditos tributários. Quanto às margens bruta e EBITDA ajustada, estar vieram em linha com nossas estimativas, -0,3 p.p. r/e e -0,9 p.p. r/e, respectivamente.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito preparado por GEORGIA JORGE, Analista, do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Georgia Jorge, Analista, do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
KLABIN DAY - Perspectiva Positiva para 2.020 26/11/2019
KLABIN DAY - Perspectiva Positiva para 2.020
 
O MERCADO, 25.11: IBOVESPA cai 0,25% a 108.423 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,214 26/11/2019
O MERCADO, 25.11: IBOVESPA cai 0,25% a 108.423 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,214
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 22.11 Avalie se convém Investir 22/11/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 22.11 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 22.11: IBOVESPA acumula 2,0% na semana DÓLAR estável em R$4,192 22/11/2019
O MERCADO, 22.11: IBOVESPA acumula 2,0% na semana DÓLAR estável em R$4,192
 
O MERCADO, 21.11: IBOVESPA sobe 1,54% a 107.496 pts. DÓLAR cai a R$ 4,193 21/11/2019
O MERCADO, 21.11: IBOVESPA sobe 1,54% a 107.496 pts. DÓLAR cai a R$ 4,193
 
PETROBRAS - Resultado no 3º trimestre/2019 FORTE Resultado Financeiro 20/11/2019
PETROBRAS - Resultado no 3º trimestre/2019 FORTE Resultado Financeiro
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.11 Avalie se convém Investir 20/11/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.11 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 19.11: IBOVESPA cai 0,38% a 105.864 pts. DÓLAR cai 0,17% a R$ 4,198 19/11/2019
O MERCADO, 19.11: IBOVESPA cai 0,38% a 105.864 pts. DÓLAR cai 0,17% a R$ 4,198
 
NATURA & CO - Resultado no 3º Trimestre /2019: POSITIVO, Market Perform 19/11/2019
NATURA & CO - Resultado no 3º Trimestre /2019: POSITIVO, Market Perform
 
O MERCADO, 18.11: IBOVESPA ca 0,27% a 106.269 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,205 19/11/2019
O MERCADO, 18.11: IBOVESPA ca 0,27% a 106.269 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,205
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites