Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

16 de Novembro de 2019 as 00:11:23



JBS - Resultado no 3º Trimestre /2019: Fortes Resultados



JBS  - Resultado no 3º Trimestre/2019
 
Fortes resultados; reiterando Outperform
 
A JBS apresentou bons resultados no 3T19. Dado o desempenho positivo na JBS USA Beef e os resultados acima da nossa expectativa na Seara, o EBITDA aumentou substancialmente 34% a/a e totalizou R$ 5,9 bilhões (2% acima de nossas estimativas e 9% acima de consenso).
 
No trimestre, embora o efeito negativo do câmbio tenha compensado parcialmente os resultados operacionais robustos, a JBS ainda reverteu a perda de R$ 134 milhões reportada no 3T18, e o resultado final foi de R$ 357 milhões.
 
Destacamos também o aumento substancial observado no FCF (+62% a/a) que totalizou R$ 3,7 bilhões. Assim, a forte geração de caixa permitiu à empresa reduzir a alavancagem de 3,38x para 2,56x no 3T18.
 
A JBS apresentou resultados consistentes e sua trajetória ascendente pode permanecer no próximo trimestre, em nossa visão.
 
No Brasil, o 4T sazonalmente mais forte devido às festas de fim de ano e uma perspectiva positiva sobre as exportações podem aumentar os números da Seara e da JBS Brasil.
 
Ao mesmo tempo, a JBS EUA pode continuar apresentando resultados sólidos, dada a demanda doméstica consistente e melhorias nas exportações.
 
Neste 14.11, a China suspendeu a proibição de importações de frango dos EUA em vigor desde 2015. Assim, podemos ver alguns aumentos nas exportações dos EUA.
 
Outperform
 
Dado o cenário promissor que temos pela frente no Brasil e nos EUA, reafirmamos nosso TP YE20 em R$ 33/ação. Além disso, levando em consideração a representatividade da JBS USA (75% da receita total) e o fato de a JBSS3 estar sendo negociada a 5,8x múltiplo EV/EBITDA em comparação com 9,4x do seu principal player nos EUA, a Tyson Foods, mantemos nossa classificação em Outperform.
 
Destaques Operacionais.
 
Seara nos surpreendeu positivamente e superou nossas expectativas.
 
No 3T19, um aumento de 10% nos preços médios compensou totalmente a queda de 2% no volume. Como resultado, o EBITDA aumentou significativamente 38%, totalizando R$ 705 milhões, com margem de 13,2% vs. 10,3 no 3T18. Destacamos o desempenho positivo dos alimentos processados ​​no mercado interno, que não apenas cresceram em termos de preços (6,3%), mas também em volumes (+4% a/a).
 
Por outro lado, destacamos a redução de 7% a/a nas exportações de aves. Conforme declaramos em nosso relatório sobre o setor, as exportações de aves do Brasil ainda lutam para reagir no contexto da ASF que já aumentou as exportações de carne bovina e suína. No início desta semana, a Seara tinha novas fábricas autorizadas a exportar para a China.
 
Portanto, podemos ver as exportações de aves se expandindo gradualmente a partir do 4T. A JBS Brasil, por sua vez, apresentou fortes resultados, principalmente devido a maiores volumes e preços de carne bovina no mercado interno e no mercado externo.
 
Assim, o EBITDA cresceu 2%, para R$ 719 milhões, com uma leve compressão da margem para 8,5%, ante 9,3% no 3T18, devido a maiores custos. Devemos monitorar de perto o desempenho operacional da unidade, pois observamos um aumento constante nos preços do gado no Brasil.
 
Esse aumento nos preços provavelmente compensará parcialmente os ganhos do cenário positivo para as exportações e as margens de pressão a partir de agora.
 
Como esperado, a JBS USA Beef reportou resultados robustos impulsionados por
 
(i)   a forte demanda contínua no mercado interno,
(ii)  aumento das exportações da Austrália para a China, e
(iii) a disponibilidade favorável de gado nos EUA.
 
Portanto, o EBITDA aumentou significativamente 37% a/a, para US$ 610 milhões, com margem de 10,9% (+260 bps).
 
Seguindo a mesma tendência positiva, o PPC reportou resultados positivos nas iniciativas da empresa, focadas no modelo de preços e melhorias operacionais.
 
Consequentemente, a receita foi de US$ 2,8 bilhões, em linha com a nossa expectativa, enquanto o EBTIDA aumentou substancialmente 66% a/a para US$ 258 milhões, com uma margem de 9,3% contra 5,8% no 3T18.
 
Dados os números positivos apresentados nos últimos dois trimestres, juntamente com a perspectiva positiva das exportações dos EUA e os efeitos do ASF nos preços internacionais, respeitando a sazonalidade do 4T, esperamos resultados consistentes pela frente.
 
A JBS USA Pork, por sua vez, apresentou resultados negativos devido à maior volatilidade nos preços dos suínos que levaram o EBITDA a US$ 120 milhões, uma queda de 13% a/a, enquanto a margem caiu para 8%, de 9,9% no 3T18.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho da JBS no 3º trimestre/2019, elaborado por LUCIANA CARVALHO, integrante do BB Investimento

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: LUCIANA CARVALHO, do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O  MERCADO, 16.01: IBOVESPA sobe 0,25% a 116.704 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,190 16/01/2020
O MERCADO, 16.01: IBOVESPA sobe 0,25% a 116.704 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,190
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.01 Avalie se convém Investir 14/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.01 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 13.01: IBOVESPA sobe 1,58% a 117.325 pTS. DÓLAR subiu a a R$ 4,141 13/01/2020
O MERCADO, 13.01: IBOVESPA sobe 1,58% a 117.325 pTS. DÓLAR subiu a a R$ 4,141
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 10.01.2020. Avalie se convém Investir 11/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 10.01.2020. Avalie se convém Investir
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RETORNOS em 10.01 11/01/2020
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RETORNOS em 10.01
 
ALIMENTOS & BEBIDAS - Relatório de Análise - Dezembro/2020 09/01/2020
ALIMENTOS & BEBIDAS - Relatório de Análise - Dezembro/2020
 
FUNDOS IMOBILIÁRIOS - Carteira em Janeiro/2020 - Relatório de Análise 09/01/2020
FUNDOS IMOBILIÁRIOS - Carteira em Janeiro/2020 - Relatório de Análise
 
O MERCADO, 09.01: Dados Decepcionantes da Produção Industrial derrubam Mercado. 09/01/2020
O MERCADO, 09.01: Dados Decepcionantes da Produção Industrial derrubam Mercado.
 
JOHNSON - Premier Britânico defende Acordo Nuclear com o IRÃ de 2015 08/01/2020
JOHNSON - Premier Britânico defende Acordo Nuclear com o IRÃ de 2015
 
O MERCADO, 07.01: IBOVESPA cai 0,18% a 116.661 pts, DÓLAR estável em R$ 4,064 07/01/2020
O MERCADO, 07.01: IBOVESPA cai 0,18% a 116.661 pts, DÓLAR estável em R$ 4,064
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites