Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Segunda-Feira, Dia 10 de Fevereiro de 2020 as 23:02:42



O MERCADO, 10.02: IBOVESPA cai 1,05% a 112.570 pts DÓLAR estável em R$ 4,322



Diário do Mercado na 2ª feira, 10.02.2020
 
Ibovespa cai com maior aversão ao risco sobre emergentes
 
Comentário.
 
O índice doméstico continuou descolado negativamente do comportamento positivo dos índices acionários de Nova York, com o S&P500 e o Nasdaq atingindo novos recordes históricos.
 
Enfim, a China é o maior parceiro comercial do País e vem sendo prejudicada pelo coronavírus, com empresas já postergando o reinício de suas atividades, após o feriado do ano novo chinês, tão somente para o mês de março.
 
Neste momento, alguns agentes estão questionando a precisão dos dados que têm sido divulgados do país asiático sobre a doença e reprecificando negativamente seu crescimento econômico, que traria impacto adverso para outros emergentes e para o Brasil.
 
Em suma, o pregão foi de realizações e o índice retornou para patamar de meados de dezembro do ano passado, com ações vinculadas a China sendo mais impactadas negativamente e, entre outros, também papéis que acumularam expressivos ganhos recentes, como do setor de varejo.
 
No Brasil, o dólar comercial esteve oscilante e fechou de lado, cotado a R$ 4,3220 (+0,05%). Os juros futuros recuaram gradualmente da ponta intermediária para a longa (curtos estáveis).
 
Ibovespa.
 
O índice oscilou na primeira hora de negócios, mas entrou definitivamente em campo negativo a partir daí, descendo para a casa dos 112 mil pts. Destaques negativos ponderados para o IRB (IRBR3: R$ 33,01; -16,49%; giro R$ 1,48 bilhão), com a continuidade de questionamentos sobre a sua contabilidade, e para a ação da Vale ON (R$ 50,19; -3,67%; giro R$ 1,43 bilhão).
 
O Ibovespa fechou aos 112.570 pts (-1,05%), acumulando -1,05% no mês, -2,66% no ano e +18,07% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 29,1 bilhões, sendo R$ 26,5 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 6 de fevereiro, a Bovespa registrou ingresso líquido de R$ 809,536 milhões de capital estrangeiro, passando a acumular saldos negativos de -R$ 4,280 bilhões no mês e de -R$ 23,437 bilhões no ano.
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, a balança comercial apurou superávit de US$ 1,160 bilhão na primeira semana de fevereiro (5 dias úteis), com  exportações de US$ 4,656 bilhões e importações de US$ 3,495 bilhões (corrente de comércio em US$ 8,151 bilhões).
 
O indicador passou a acumular déficit de -US$ 575 milhões no ano, com exportações de US$ 19,096 bilhões e importações de US$ 19,670 bilhões (corrente de comércio em US$ 38,766 bilhões).
 
Na China, a inflação ao consumidor (IPC A/A) variou +0,1% em janeiro versus -0,5% em dezembro – consenso em 0,0%. Já a inflação ao atacado (IPP A/A) oscilou +5,4% em janeiro ante +4,5% em dezembro – consenso em +4,9%. Ambas sem maiores impactos.  
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) terminou de lado, mesmo perfazendo novo recorde histórico nominal, tendo ficado oscilante ao lredor da estabilidade ao longo de toda a sessão.
 
O dólar encerrou cotada a R$ 4,3220 (+0,05%), acumulando +0,89% no mês, +7,73% no ano e +15,93% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil de 5 anos passou a 100 pts ante 99 na última 6ª feira.
 
Juros.
 
Os juros futuros ficaram praticamente estáveis na ponta curta e recuaram  gradualmente dos vencimentos intermediários para os longos. Neste momento, a percepção dos agentes é que um menor crescimento da China e dos emergentes se refletirá em um cenário desinflacionário que permitirá a permanência dos juros baixas por um período prolongado.
 
Em relação ao pregão anterior, assim encerraram as taxas:
 
DI janeiro/2021 em 4,27% de 4,28%;
DI janeiro/2022 em 4,93% de 4,97%;
DI janeiro/2023 em 5,52% de 5,56%;
DI janeiro/2025 em 6,15% de 6,20%;
DI janeiro/2027 em 6,48% de 6,55%.
 
Agenda.
 
Brasil: IGP-M 1ª prév., Vendas no varejo, IGP-10, Volume setor de serviços; Ativ. econômica;
 
EUA: Orçamento mensal, IPC, Vendas varejo, Prod. Industrial, Util. capacidade, Estoques empresas, Sentimento Univ de Mich;
 
Alemanha: IPC;
 
Reino Unido: Prod. Ind.; PIB,
 
Zona do euro: Prod. Ind., PIB;
 
Japão: PIB;
 
China: Financ. agregado, Novos empréstimos.
 
Empresas. Calendário de Balanços 4T19 – vide página 4 (do anexo).
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análsie do comportamento do mercado na 2ª feira, 10.02.2020, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 21.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 22/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 21.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
OS MERCADOS - Fechamento em 22.10.2020: Otimismo Cauteloso 22/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 22.10.2020: Otimismo Cauteloso
 
MERCADOS - FECHAMENTO  em 21.10.2020 No aguardo de definição do Pacote Fiscal 21/10/2020
MERCADOS - FECHAMENTO em 21.10.2020 No aguardo de definição do Pacote Fiscal
 
CONEXÃO MERCADO – AGORA 21.10.2020: Investidores aguardam definição do Pacote Fiscal nos EUA 21/10/2020
CONEXÃO MERCADO – AGORA 21.10.2020: Investidores aguardam definição do Pacote Fiscal nos EUA
 
OS MERCADOS FECHAMENTO em 20.10.2020 Expectativa de Pacote Fiscal nos EUA 20/10/2020
OS MERCADOS FECHAMENTO em 20.10.2020 Expectativa de Pacote Fiscal nos EUA
 
GUIA DE AÇÕES, 15.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 16/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 15.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
CONEXÃO MERCADO Análise Semanal: Retrospectiva e Perspectivas: de 19 a 23.10.2020 17/10/2020
CONEXÃO MERCADO Análise Semanal: Retrospectiva e Perspectivas: de 19 a 23.10.2020
 
OS MERCADOS - Fechamento em 16.10.2020: Incertezas Fiscais trazem Cautela 17/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 16.10.2020: Incertezas Fiscais trazem Cautela
 
OS MERCADOS - Fechamento em 15.10.2020: Propensão ao Risco 15/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 15.10.2020: Propensão ao Risco
 
GUIA DE AÇÕES, 14.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 15/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 14.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites