Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

13 de Novembro de 2019 as 23:11:20



MVR - Resultado no 3º trimestre /2019: Mudança de Direção



MRV - Resultado no 3º trimestre de 2019
 
Mudança de direção
 
A MRV apresentou mais uma vez resultados mistos. Este 3T19 foi marcado pela interrupção dos repasses do programa MCMV e, consequentemente, vimos um resultado com menor número de lançamentos e as margens pressionadas.
 
Destaques operacionais.
 
Novamente, devido à indisponibilidade de recursos do programa MCMV, os lançamentos no 3T19 ficaram abaixo do trimestre anterior, alcançando 9.679 unidades lançadas (ante 11.083 no 2T19) e totalizando R$ 1,6 bilhão em VGV (-3,0% a/a e -9,9% t/t). 
 
No entanto, as vendas líquidas foram de R$ 1,4 bilhão, o melhor desempenho em um 3T na história da companhia (+18,8% a/a), enquanto os distratos reduziram 22,0% t/t. Como resultado, a VSO permaneceu estável, em 15,0%, diminuindo -0,6 p.p. a/a e +0,4 p.p. t/t.
 
P&L. 
 
A receita líquida foi de R$ 1,6 bilhão (+0,7% t/t e 16,1% a/a), impulsionada pelo aumento nas vendas e ganhos de eficiência na execução dos projetos.
 
As despesas comerciais cresceram em termos de porcentagem da receita líquida, enquanto as despesas gerais e administrativas diminuíram quando analisadas como porcentagem das vendas contratadas, devido aos investimentos em tecnologia. Como resultado, as margens diminuíram e, o lucro líquido e a margem líquida atingiram R$ 160, milhões e 10,2%, respectivamente.
 
Conclusões. 
 
A MRV apresentou resultados mistos, em nossa visão. A empresa conseguiu aumentar as vendas, mas as margens diminuíram devido a restrição no processo de repasse.
 
Além disso, no 3T19, houve um aumento no volume de vendas de unidades com funding do SBPE, resultado da estratégia da companhia em diversificar o funding bem como seu portfólio.
 
As taxas de juros mais baixas na economia doméstica podem alterar a dinâmica do setor imobiliário e a companhia já vem se preparando para isso.
 
Assim, a MRV pretende reduzir gradualmente os projetos do programa em seu portfólio do atual nível de 80% para 43% nos próximos anos. Essa fatia será preenchida por empreendimentos que podem ser financiados por recursos do SBPE, atualmente representando 8%, com a meta de aumentar para 33%. 
 
A companhia prevê ainda que 24% dos empreendimentos serão híbridos, onde poderão ser enquadrados nas linhas de crédito do MCMV ou nas com taxas de mercado, dependendo da atratividade de cada segmento.
 
Por fim, continuamos entendendo que a MRV está em um patamar diferente (melhor) das demais companhias do setor. Dessa forma, considerando o nosso preço-alvo 20E para MRVE3 de R$ 22,30, mantemos a recomendação de Outperform. MRVE3 está negociando a 8,1x EV/EBITDA 19E, acima de sua média histórica de 7,3x. 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório sobre o resultado apresentado pela MRV no 3º trimestre/2019, elaborado por KAMILA OLIVEIRA, analista do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: KAMILA OLIVEIRA, analista do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
21/02/2014
INVESTIMENTOS - GOL - Flash de mercado
 
21/02/2014
INVESTIMENTOS - BIC BANCO - Resultados do 4º trimestre/2013
 
21/02/2014
INVESTIMENTOS - DAYCOVAL - Resultados do 4º trimestre/2013
 
21/02/2014
INVESTIMENTO - GERDAU - Resultados do 4º trimestre/2013
 
21/02/2014
INVESTIMENTOS - BTG PACTUAL - Análise dos resultados do 4º trimestre/2013
 
17/02/2014
INVESTIMENTOS - EMBRAER - Upside de 22% até dezembro de 2014
 
15/02/2014
BANCO DO BRASIL - Lucro líquido recorde de R$ 15,8 bilhões
 
15/02/2014
INVESTIMENTOS - KLABIN - Resultados do 4º trimestre/2013
 
15/02/2014
INVESTIMENTOS - USIMINAS - Resultados do 4º trimestre/2013
 
13/02/2014
INVESTIMENTOS - NATURA - BB-BI analisa resultados do 4º trimestre de 2013
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites