Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

05 de Agosto de 2019 as 19:08:26



CAXEMIRA Índia revoga autonomia da Caxemira. Paquistão estrila.



Nova Délhi suspende status da região disputada com o Paquistão
 
O governo indiano revogou nesta 2ª feira, 05.08, o status especial da Caxemira, removendo a autonomia de sete décadas da região disputada pelo país e pelo Paquistão.
 
A medida, imediatamente rechaçada pelo governo paquistanês, deve aumentar ainda mais as tensões no território de maioria muçulmana.
 
O partido nacionalista hindu do primeiro-ministro indiano Narendra Modi, revogou, através de um decreto, o status especial previsto na Constituição do país e avançou um projeto de lei propondo que o território seja dividido em duas regiões administradas diretamente por Nova Délhi.
 
Atualmente, o estado de Jammu e Caxemira compreendem três regiões: Jammu, de maioria hindu, Caxemira, de maioria muçulmana, e Ladakh, de maioria budista.
 
O projeto de lei da chamada "reorganização" divide o território em duas regiões, Jammu e Caxemira, que deverão ter um legislativo eleito pelo voto direto, e Ladakh, administrada diretamente pelo governo de Nova Délhi.
 
O governo impôs um bloqueio de segurança na Caxemira e cortou as telecomunicações na parte administrada pela Índia, nas primeiras horas desta 2ª feira. Dias antes, enviara milhares de soldados à região, alegando ameaça terrorista. Serviços de internet e telefonia foram cortados, e só cidadãos com um passe para o toque de recolher têm permissão para ir às ruas.
 
Ordem de segurança
 
O governo [indú] lançou uma ordem de segurança proibindo reuniões públicas e manifestações. As escolas serão fechadas. Na sexta-feira, Nova Délhi lançou um alerta para que todos os turistas e peregrinos hindus deixassem a região. Na noite de domingo, forças do governo indiano na Caxemira colocaram barricadas e arame farpado em estradas e cruzamentos de Srinagar, a principal cidade da região, deixando alguns bairros isolados.
 
Segundo o ministro indiano do Interior, Amit Shah, o presidente Ram Nath Kovind assinou o decreto que elimina o Artigo 370 da Constituição, o qual estabelecia a autonomia da região no Himalaia. A medida entraria imediatamente em vigor.
 
O Paquistão considerou ilegal a decisão do governo indiano, insistindo que a Caxemira é reconhecida internacionalmente como um território disputado.
 
"Nenhuma medida do governo da Índia poderá mudar esse status",
 
declarou o Ministério paquistanês do Interior em comunicado.
 
"O Paquistão vai exercer todas as opções possíveis para contrariar essas medidas ilegais",
 
afirmou.
 
"O Paquistão reafirma seu duradouro comprometimento com a causa da Caxemira e seu apoio político, diplomático e moral ao povo de Jammu e da Caxemira ocupada pelo cumprimento de seu direito inalienável de autoafirmação",
 
dizia a nota do ministério.
 
Contando atualmente com 7 milhões de habitantes, a Caxemira foi dividida entre a Índia e o Paquistão durante a independência dos dois países, em 1947. Há três décadas, a parte administrada por Nova Délhi vive uma insurgência que já causou dezenas de milhares de mortes, enquanto grupos rebeldes armados lutam pela independência da região ou para que o território seja integrado ao Paquistão.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
SEGURANÇA INTERNACIONAL - Brasil participa com discurso soft e engajado 27/01/2013
SEGURANÇA INTERNACIONAL - Brasil participa com discurso soft e engajado
 
CHILE & BRASIL - Corredor Ferroviário, Integração de Portos Marítimos e Base na Antártica 27/01/2013
CHILE & BRASIL - Corredor Ferroviário, Integração de Portos Marítimos e Base na Antártica
 
SORRY, BRAZIL, A Economia do Reino Unido volta a ser a 6ª economia  do mundo. 27/01/2013
SORRY, BRAZIL, A Economia do Reino Unido volta a ser a 6ª economia do mundo.
 
25/01/2013
Brasil quer acordo entre Mercosul e União Europeia
 
UNIÃO EUROPEIA - Para ressurgimento da City em Londres, Cameron defende interesse dos grandes bancos 24/01/2013
UNIÃO EUROPEIA - Para ressurgimento da City em Londres, Cameron defende interesse dos grandes bancos
 
ISRAEL - Nas Eleições Parlamentares de hoje, a direita deverá manter-se no poder. 22/01/2013
ISRAEL - Nas Eleições Parlamentares de hoje, a direita deverá manter-se no poder.
 
FOUR MORE YEARS - Na posse, Obama destaca a liderança americana e defende interesses de minorias 22/01/2013
FOUR MORE YEARS - Na posse, Obama destaca a liderança americana e defende interesses de minorias
 
21/01/2013
DESEMPREGO - OIT estima em 12,6% o desemprego entre jovens no mundo em 2012.
 
20/01/2013
MALVINAS - Plebiscito em 10 de março para confirmar cidadania inglesa
 
20/01/2013
FORBES - Revista revela a fortuna dos pastores evangélicos brasileiros
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites