Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Terça-Feira, Dia 03 de Julho de 2018 as 00:07:37



DIAS TÓFFOLI arquiva inquérito contra deputado Bruno Araújo



Dias Toffoli arquiva inquérito contra deputado Bruno Araújo
 
 
O ministro do STF Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli decidiu arquivar inquérito aberto contra o deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), que era investigado pelos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro. A decisão foi assinada na 6ª feira, 29.06, e divulgada nesta 2ª feira, 02.07. 
 
O inquérito foi aberto em 2017 para apurar citações ao nome do parlamentar nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Obebrecht. Nos depoimentos, os delatores afirmaram que repassaram R$ 600 mil para as campanhas eleitorais de Bruno Araújo em 2010 e 2012. 
 
A decisão de Toffoli foi motivada por um pedido de arquivamento feito pela defesa de Bruno Araújo. Para o ministro, até o momento, não há indícios suficientes de provas para manter o andamento da investigação. 
 
Na petição que chegou ao Supremo, os advogados alegaram que a investigação não encontrou "qualquer indício de prática delitiva em desfavor" do deputado. 
 
"Nenhum dos colaboradores ouvidos, nem nos seus depoimentos prestados junto à PGR [Procuradoria-Geral da República] no momento de homologação de seus acordos de colaboração premiada, nem tampouco na ocasião de renovação de suas oitivas perante o DPF [Polícia Federal], tampouco as demais testemunhas ouvidas, e o resultado de outras diligências investigativas complementares, trouxeram elementos que pudessem justificar a manutenção desse inquérito, o qual deverá ser prontamente arquivado",
 
sustentou a defesa.
 
Apesar do pedido da defesa para arquivar o caso, a PGR queria a prorrogação da investigação por mais 60 dias.
 
"Além de respeitados os parâmetros objetivos mínimos para a instauração formal de investigação, há aqui conjunto suficiente de elementos a justificar a continuidade do inquérito instaurado para integral apuração da hipótese fática versada",
 
defendeu a procuradoria.  


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
28/04/2014
MARCO DA INTENET - Saudado como exemplo para o mundo
 
25/04/2014
TORTURADOR, ex-agente do CIEX do Exército, assassinado nesta 6ª feira
 
25/04/2014
DILMA diz que não pode parar de governar para cuidar de eleição
 
25/04/2014
MADURO acusa oposição de sabotagem
 
23/04/2014
FORÇAS ESTRANGEIRAS NO PAÍS - Câmara aprova projeto de lei que facilita a entrada no Brasil
 
23/04/2014
IPEA - Depois de erro em pesquisa, é nomeado substituto de diretor exonerado
 
23/04/2014
NET MUNDIAL -Em encontro internacional Dilma sanciona Marco Civil da internet
 
22/04/2014
MARCO CIVIL DA INTERNET é aprovado pelo Senado
 
22/04/2014
LGBT - Direitos e tratamento respeitoso em estabelecimentos prisionais
 
21/04/2014
AEROPORTO DE BRASILIA - Capacidade de 21 milhões de passageiros com inauguração do Pier Sul
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009