Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

08 de Janeiro de 2019 as 01:01:34



DESEMPREGO Estável em 11,6%



Desemprego estável em novembro
 
Pesquisa Macroeconômica – Itaú
 
• Segundo dados da PNAD Contínua Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, a taxa de desemprego nacional recuou para 11,6% no trimestre concluído em novembro, ante 11,7% no trimestre concluído em outubro.
 
• Usando nosso ajuste sazonal, o desemprego ficou estável em 12,1%.
 
• A massa salarial real avançou 0,4% em relação ao trimestre anterior (variação dessazonalizada). A alta veio do ligeiro aumento da população ocupada, enquanto os salários reais recuaram 0,2% no período. Desemprego recua em ritmo lento em 2018
 
 
A taxa de desemprego nacional recuou para 11,6% em novembro versus 11,7% em outubro. O resultado veio acima da mediana das expectativas (11,5%) e em linha com a nossa projeção. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, o desemprego recuou 0,4 p.p.
 
A população ocupada avançou 0,6% no trimestre concluído em novembro ante o trimestre anterior (nosso ajuste sazonal). Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, a população ocupada avançou 1,3%.
 
A abertura entre emprego formal e informal está menos informativa. Por um lado, os dados da Pnad sugerem alta principalmente na ocupação informal (no mês de novembro em particular, na ocupação por contra própria com Cnpj), compensando recuos no emprego formal.
 
Entretanto, os dados do Caged sugerem melhora do emprego formal desde o começo do 3T18 (ver gráfico abaixo). Acreditamos que esta melhora deve aparecer na amostra da PNAD contínua mensal em breve.
 
A população economicamente ativa avançou 0,5% ante o trimestre anterior e 0,8% na comparação anual. A taxa de participação (razão entre a PEA e a população em idade ativa; ambos os dados dessazonalizados),permaneceu estável em 61,7%, acima da média histórica (61,4%).
 
 
Massa salarial real avança com ligeiro aumento na população ocupada
 
O rendimento nominal habitual avançou 0,8% no trimestre concluído em novembro ante o trimestre anterior. Na comparação ante o mesmo período de 2017, o crescimento foi de 4,4%. Já o salário médio real recuou 0,2% na comparação trimestral, e avançou 0,1% na comparação anual.
 
Com o ligeiro avanço na população ocupada, a massa salarial real avançou 0,4% ante o trimestre anterior. Na comparação anual, o crescimento foi de 1,6%.
 
 
Perspectiva de recuo lento da taxa de desemprego
 
Olhando à frente, com modelos que levam em conta as sensibilidades de diferentes tipos de ocupação em relação à atividade e nosso cenário de crescimento do PIB (2,5% em 2019 e 3,0% em 2020), projetamos que a Taxa de desemprego - de acordo com nosso ajuste sazonal – recue para 11,6% até o fim de 2019 e 11,0% ao  fim de 2020.
 
FONTE: Artur Manoel Passos
Alexandre Gomes da Cunha
Pesquisa macroeconômica – Itaú
Mario Mesquita – Economista-Chefe


Fonte: Pesquisa macroeconômica – Itaú





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BANCO DO BRASIL reduz em mais de 30% os juros do pagamento parcelado de faturas Ourocard 06/09/2012
BANCO DO BRASIL reduz em mais de 30% os juros do pagamento parcelado de faturas Ourocard
 
06/09/2012
COMPRA DE TERRAS POR ESTRANGEIROS - Limites trazidos por projeto de lei já aprovado
 
05/09/2012
NORDESTE - Óleo e gás estimulam crescimento da Região
 
FISCO - Certificado digital agora vale por cinco anos 05/09/2012
FISCO - Certificado digital agora vale por cinco anos
 
PIB do Brasil chega a R$1,1 trilhão no 2º trim/2012 02/09/2012
PIB do Brasil chega a R$1,1 trilhão no 2º trim/2012
 
BB reduz taxas de juros após nova queda da SELIC 31/08/2012
BB reduz taxas de juros após nova queda da SELIC
 
CAIXA - 31/08/2012
CAIXA - "Plano Agressivo de Expansão"
 
31/08/2012
TRIGO - Safra da Russia poderá ser menor
 
SOJA - BRASIL - Safra 2012/13 brasileira de soja será recorde em 82 milhões de toneladas 31/08/2012
SOJA - BRASIL - Safra 2012/13 brasileira de soja será recorde em 82 milhões de toneladas
 
SOJA - EUA - Valor record nos EUA e na Bolsa de Chicago (CBOT) 31/08/2012
SOJA - EUA - Valor record nos EUA e na Bolsa de Chicago (CBOT)
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites