Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

14 de Julho de 2021 as 02:07:54



AGRO ALIMENTOS E BEBIDAS - Relatório Setorial de Julho/2021



AGRO ALIMENTOS E BEBIDAS 
Relatório Setorial - Julho de 2021
por Mary Silva, CNPI
e Melina Constantino, CNPI
Dados de mercado
 
Desempenho mensal. A valorização do real frente ao dólar e a queda nos preços de algumas commodities agrícolas favoreceram a performance de M Dias Branco e BRF no mês de junho, com a expectativa de impacto positivo desses fatores em seus custos de produção.
 
 
AGRONEGÓCIOS – Panorama Setorial
 
► Grãos
 
A baixa disponibilidade de milho para consumo doméstico desestimulou a exportação do cereal, cujo volume retraiu 70,5% em junho na comparação anual. Para a soja, o preço FOB chegou a USD 478/ton, crescimento de 41,6% a/a.
 
Panorama Grãos
   
   Resumo. 
 
Em junho, o volume exportado de soja em junho foi de aproximadamente 11,1 milhões de toneladas, queda de 12,9% na comparação anual, mas a receita foi 23,4% maior, com preço de USD 478/ton, crescimento de 41,6% em relação ao preço de junho de 2020. O volume das exportações de milho foi 70,5% menor em relação ao mesmo mês do ano anterior apesar do crescimento de 562,1% na comparação com o exportado em maio. 
 
A expectativa de quebra da safrinha estimula produtores a ofertarem a disponibilidade do cereal no mercado interno, que continua com preços atrativos.
 
   Perspectivas. 
 
No dia 30/06, o USDA divulgou o relatório trimestral com a atualização sobre a área plantada e os estoques nos EUA. Os números apresentados, especialmente para milho e soja, foram aquém da expectativa do mercado, o que ocasionou um movimento altista de preços no mercado internacional e doméstico. 
 
As recentes geadas no Brasil podem ter prejudicado as condições de parte das lavouras de milho safrinha, que já vêm sofrendo com a falta de chuvas. O fator climático nos EUA e as condições das lavouras norteamericanas também devem seguir no radar dos investidores e influenciando as cotações no mercado futuro.
 
Carne Bovina 
 
O volume de exportações teve queda de 7,6% em relação a junho de 2020, enquanto o preço por tonelada bateu novo recorde, com crescimento de 20,5% a/a
 
Panorama Carne Bovina
 
   Resumo. 
 
O volume exportado de carne bovina em junho foi 7,6% menor em comparação ao mesmo mês do ano anterior, enquanto a receita mostrou crescimento de 11,3% a/a. O preço por tonelada bateu novo recorde, e atingiu USD 5.181, alta de 20,5% a/a.
 
No mercado interno, o preço da arroba permanece em patamares elevados, com alta de 0,7% no mês de junho e volume de negócios reduzido, refletindo o período de entressafra e a oferta restrita de animais terminados. A manutenção de alto patamar de preços da carne bovina no mercado doméstico não favorece o aumento do consumo.
 
   Perspectivas.
 
O mercado externo segue com demanda aquecida por carne bovina, especialmente a China, e contribui para o escoamento do produto, enquanto o mercado doméstico segue com demanda fraca. A atual conjuntura de oferta restrita de gado mantém a pressão altista de preços da arroba no mercado futuro e as geadas recentes podem elevar ainda mais os custos de pecuaristas com ração, a depender da deterioração das lavouras de milho.
 
 
ALIMENTOS – Panorama Setorial
 
►  Carne de Frango e Suína 
 
Volume e receita de exportações de carne de frango e suína apresentaram crescimento em junho, na comparação anual. Altos preços de milho, e a perspectiva de continuidade na restrição da oferta, pressionam custos com insumos.
 
Panorama Carne de Frango e Suína
 
   Resumo.
 
De acordo com os dados da Secex, em junho, o volume e a receita de exportações de carne de frango cresceram 13,7% e 44,2%, respectivamente, em relação ao mesmo mês do ano anterior. O preço FOB foi de USD 1.614/ton, o maior valor desde janeiro de 2020, e 26,8% superior a/a.
 
Os embarques de carne suína cresceram 12,4% em junho, na comparação anual, enquanto a receita cresceu 36,0%. No acumulado de 12 meses, o volume de exportações de carne suína crescem 26,7% a/a. 
 
   Perspectivas.
 
De modo geral, no mercado doméstico, a menor disponibilidade de renda das famílias, ainda sob o impacto da pandemia, segue prejudicando a demanda de carne de frango e suína, mesmo no cenário em que essas proteínas sejam substitutas da carne bovina, que continua com preços ainda em altos patamares. 
 
Apesar da queda no preço do milho em junho, a oferta restrita do cereal mantém a pressão altista de preços para os próximos meses e, com isso, pressiona também as margens dos frigoríficos.
 
   Proteína Animal EUA
 
A reabertura econômica nos EUA segue favorecendo a cadeia produtiva de proteína animal, com o aumento do consumo doméstico. Além disso, volume das exportações de carne bovina em junho ficaram em linha com o registrado em maio e houve crescimento do volume exportado de carne de frango.
 
BEBIDAS - Panorama Setorial
 
►  Bebidas 
 
Indicadores de confiança do empresário industrial e do consumidor mostram perspectivas mais positivas, apesar de o cenário macroeconômico continuar desafiador
 
Panorama Bebidas
 
   Resumo. 
 
A confiança do empresário do setor de bebidas cresceu 4,8 pontos em junho, em relação a maio. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) continuou avançando e subiu 3,2 pontos no mês, mas ainda não atingiu o patamar anterior ao início da pandemia (quando o índice estava em 64,7). A taxa de desemprego ficou estável em 14,7% no trimestre encerrado em abril/21, enquanto a confiança do consumidor continuou avançando, sinalizando perspectivas mais positivas. 
 
   Perspectivas. 
 
O cenário macroeconômico continua desafiador, apesar do crescimento do PIB no 1T21 ter sido maior do que o esperado pelo mercado e da aceleração da vacinação em diversos estados do país. 
 
Os resultados do 2T21 da Ambev, que serão divulgados no final de julho, devem vir positivos em termos de volume e receita, já que a flexibilização de algumas medidas de isolamento social, ao longo do trimestre, permitiu a reabertura de bares e restaurantes, mas a comparação anual será bastante comprometida, já que o 2T20 teve forte impacto da pandemia. Os custos devem seguir pressionados, devido ao dólar ainda apreciado e commodities com preços elevados, pressionando margens.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório elaborado a respeito,
por MARY SILVA, CNPI, e MELINA CONSTANTINO, CNPI, do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: MARY SILVA, CNPI, e MELINA CONSTANTINO, CNPI, do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 20.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/09/2021
GUIA DE AÇÕES, 20.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
ANVISA recomenda Vacinação de Adolescentes contrariando Ministério da Saúde 17/09/2021
ANVISA recomenda Vacinação de Adolescentes contrariando Ministério da Saúde
 
GUIA DE AÇÕES, 03.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 04/09/2021
GUIA DE AÇÕES, 03.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GOL - Resultado no 2º Trimestre /2021 - Busca de Liquidez e Foco em Eficiência 27/08/2021
GOL - Resultado no 2º Trimestre /2021 - Busca de Liquidez e Foco em Eficiência
 
BRADESCO - Resultado no 2º trimestre/2021 e Revisão de Preço: Diversificação e Riscos 27/08/2021
BRADESCO - Resultado no 2º trimestre/2021 e Revisão de Preço: Diversificação e Riscos
 
GUIA DE AÇÕES, 19.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/08/2021
GUIA DE AÇÕES, 19.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
EMBRAER - Resultado 2º Trimestre/21 e 2021 e Revisão de Preço-Meta de Ação 19/08/2021
EMBRAER - Resultado 2º Trimestre/21 e 2021 e Revisão de Preço-Meta de Ação
 
RAIA DROGASIL - Resultado no 2º Trimestre/2021: Recuperação de Vendas e Margens 17/08/2021
RAIA DROGASIL - Resultado no 2º Trimestre/2021: Recuperação de Vendas e Margens
 
BRF -  Resultado no 2º Trimestre/2021: Firme em Cenário Desafiador 17/08/2021
BRF - Resultado no 2º Trimestre/2021: Firme em Cenário Desafiador
 
GUIA DE AÇÕES, 16.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/08/2021
GUIA DE AÇÕES, 16.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites