Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

15 de Julho de 2021 as 11:07:53



SIDERURGIA E MINERAÇÃO - Relatório Setorial - Julho 2021



SIDERURGIA E MINERAÇÃO
Relatório Setorial - Julho 2021
por Mary Silva, CNPI
do BB Investimentos
5ª feira
15.07.2021
Dados de mercado
 
Em junho, as ações das siderúrgicas recuaram, em parte pela realização de ganhos dos investidores frente à forte valorização acumulada dos papéis, e diante da perspectivas de estabilidade nos preços de aço. 
 
Panorama setorial – Mineração
 
O PIB e atividade industrial na China permanecem avançando em ritmo acelerado, mantendo as  perspectivas favoráveis para o mercado mundial de minério de ferro
 
Cenário - China
 
O PIB da China no segundo trimestre de 2021 avançou 7,9% sobre o mesmo período do ano anterior. O crescimento foi inferior aos 18,3% registrado no primeiro trimestre, em função da base mais alta de comparação – em junho/2020 a atividade econômica no país já apresentava recuperação frente à forte retração do trimestre anterior. 
 
A produção de aço bruto no país foi recorde em junho, com 99,5 Mt (+7,8% a/a). Apesar de uma leve redução com relação a maio, o consumo aparente foi de 94,2 Mt (+5,0% a/a). 
 
Menores volumes de importações de minério de ferro contribuíram para a redução dos estoques. Assim, as perspectivas são de um aumento das importações à frente, para reabastecimento.
 
Os preços de minério de ferro continuam em patamares elevados, mesmo diante da tentativa da China de aumentar a oferta no país, a partir da venda das reservas nacionais da commodity.
 
Preços de MF se mantém elevados
 
Em junho, o governo chinês anunciou que venderia parte das reservas nacionais de MF (minerio de ferro) para as siderúrgicas do país. Apesar de os volumes não terem sido informados e, portanto impossibilitando mensurarmos os impactos nas importações de MF do país, a medida é mais uma iniciativa da China em direção à tentativa de controlar ou conter o avanço dos preços, ao menos no curto prazo. 
 
Ainda assim, o ritmo acelerado da siderurgia nos principais mercados, como China, EUA e Europa, sustentou os preços acima dos US$ 200/t durante todo o mês de junho. 
 
Acreditamos que, diante da demanda aquecida, os preços de MF ainda continuarão elevados, mas à medida que os estoques forem recompostos, os preços retornarão gradualmente.
 
Preços de aço continuaram avançando nos EUA, enquanto na China as altas passaram a se reverter. No Brasil, novos reajustes dos preços de aço começam a mostrar sinais de arrefecimento. 
 
Preços de aço seguem elevados
 
Os preços internacionais de aço tiveram desempenho misto nos principais mercados. Nos EUA, a bobina laminada à quente seguiu renovando a máxima histórica acima de US$ 1.800/t, alta de 8,7% no mês e de 80,1% no acumulado do ano. 
 
O preço de sucata no país também segue crescente, acumulando alta de 41,9% no ano. Já na China, após a forte escalada desde o final de 2020, os preços da bobina recuaram 5,5% em junho, o que pode sugerir que novos repasses pela indústria siderúrgica ao restante da cadeia deverão ser mais desafiadores. 
 
No Brasil, o Índice de Preços ao Produtor da Metalurgia teve uma variação de 3,54% em maio (dado mais recente), acumulando +31,85% em 2021. A confiança do empresário recuou em junho, após dois meses de crescimento, com os empresários do setor reduzindo suas expectativas para os próximos seis meses.
 
Após retração desde fevereiro, a produção industrial no Brasil avançou 1,4% em maio. Destaque positivo para a produção de bens de capital para a categoria de veículos.
 
A produção e consumo de aço seguem em trajetória ascendente no Brasil, com a produção local atendendo principalmente o mercado interno. As importações continuam aumentando e representaram 22% do consumo.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, elaborado por
MARY SILVA, CNPI, integrante do BB INVESTIMENTOS

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: MARY SILVA, CNPI, integrante do BB INVESTIMENTOS





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ANVISA recomenda Vacinação de Adolescentes contrariando Ministério da Saúde 17/09/2021
ANVISA recomenda Vacinação de Adolescentes contrariando Ministério da Saúde
 
GUIA DE AÇÕES, 03.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 04/09/2021
GUIA DE AÇÕES, 03.09.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GOL - Resultado no 2º Trimestre /2021 - Busca de Liquidez e Foco em Eficiência 27/08/2021
GOL - Resultado no 2º Trimestre /2021 - Busca de Liquidez e Foco em Eficiência
 
BRADESCO - Resultado no 2º trimestre/2021 e Revisão de Preço: Diversificação e Riscos 27/08/2021
BRADESCO - Resultado no 2º trimestre/2021 e Revisão de Preço: Diversificação e Riscos
 
GUIA DE AÇÕES, 19.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/08/2021
GUIA DE AÇÕES, 19.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
EMBRAER - Resultado 2º Trimestre/21 e 2021 e Revisão de Preço-Meta de Ação 19/08/2021
EMBRAER - Resultado 2º Trimestre/21 e 2021 e Revisão de Preço-Meta de Ação
 
RAIA DROGASIL - Resultado no 2º Trimestre/2021: Recuperação de Vendas e Margens 17/08/2021
RAIA DROGASIL - Resultado no 2º Trimestre/2021: Recuperação de Vendas e Margens
 
BRF -  Resultado no 2º Trimestre/2021: Firme em Cenário Desafiador 17/08/2021
BRF - Resultado no 2º Trimestre/2021: Firme em Cenário Desafiador
 
GUIA DE AÇÕES, 16.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/08/2021
GUIA DE AÇÕES, 16.08.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
MAGAZINE LUIZA - Resultado no 2º Trimestre/2021:  POSITIVO 16/08/2021
MAGAZINE LUIZA - Resultado no 2º Trimestre/2021: POSITIVO
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites