Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

26 de Junho de 2024 as 20:26:21



DÓLAR sobe a R$ 5,51, em 26.05; IBOVESPA sobe a 122.701 pontos


 
Dólar sobe para R$ 5,51 e fecha no maior valor desde janeiro de 2022
Bolsa sobe 0,3%, sustentada por empresas exportadoras
 
4ª feira, 26.06.2024
 
Num dia de imenso nervosismo no mercado financeiro, o dólar subiu para o maior valor em dois anos e meio. A bolsa de valores fechou em leve alta, sustentada por ações de empresas exportadoras, beneficiadas pela alta da moeda norte-americana.
 
Dólar
 
O dólar comercial encerrou esta 4ª feira, 26.06, vendido a R$ 5,519, com alta de R$ 0,065 (+1,2%). A cotação operou em alta durante toda a sessão. Na máxima do dia, por volta das 16h, atingiu R$ 5,52.
 
Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana está no maior valor desde 18 de janeiro de 2022, quando tinha fechado em R$ 5,56. A divisa sobe 5,14% em junho e acumula alta de 13,72% em 2024.
 
Ibovespa
 
No mercado de ações, o dia foi marcado pela volatilidade. Após operar em baixa quase todo o dia, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 122.701 pontos, com alta de 0,3%. Apenas nesta semana, o indicador acumula alta de 1,07%.
 
A sessão foi marcada por turbulências tanto internas como externas. No exterior, as taxas dos títulos do Tesouro norte-americano subiram novamente, aumentando a cotação do dólar em todo o planeta. Juros altos em economias avançadas estimulam a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil.
 
No mercado interno, vários fatores contribuíram para a turbulência. Em entrevista ao Portal UOL, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o plano de ajuste fiscal dará prioridade no aumento de arrecadação do que ao corte de gastos. A declaração foi mal recebida pelo mercado financeiro.
 
Outro fator que contribuiu para azedar as negociações foi a divulgação de que o déficit primário em maio atingiu R$ 61 bilhões, impulsionado pela antecipação do décimo terceiro à Previdência Social.
 
O resultado veio pior que as previsões do Prisma Fiscal, pesquisa do Ministério da Fazenda com instituições financeiras. Os analistas de mercado apostavam em resultado negativo de R$ 38,5 bilhões nas contas públicas.


Fonte: AGENCIA BRASIL.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BNDES abre CONCURSO com 150 vagas e Salário de R$ 20,9 mil 23/07/2024
BNDES abre CONCURSO com 150 vagas e Salário de R$ 20,9 mil
 
GOVERNO oficializa Congelamento de R$ 15 BI no Orçamento Federal 23/07/2024
GOVERNO oficializa Congelamento de R$ 15 BI no Orçamento Federal
 
ARRECADAÇÃO bate recorde e cresce 9,08% no 1º semestre/2024 23/07/2024
ARRECADAÇÃO bate recorde e cresce 9,08% no 1º semestre/2024
 
BNDES conclui financiamento para exportação de 32 jatos da EMBRAER 20/07/2024
BNDES conclui financiamento para exportação de 32 jatos da EMBRAER
 
DÓLAR sobe 0,3% R$ 5,604 em 19.07, IBOVESPA cai 0,03% 19/07/2024
DÓLAR sobe 0,3% R$ 5,604 em 19.07, IBOVESPA cai 0,03%
 
Desaceleração da INFLAÇÃO acontece em todas as faixa de renda, revela IPEA 15/07/2024
Desaceleração da INFLAÇÃO acontece em todas as faixa de renda, revela IPEA
 
DÓLAR sobe 0,26% a R$ 5,445 após atentado; e IBOVESPA alcança 129.321 pts 15/07/2024
DÓLAR sobe 0,26% a R$ 5,445 após atentado; e IBOVESPA alcança 129.321 pts
 
BNDES financiará Complexo Solar na Bahia para abastecer refinaria 13/07/2024
BNDES financiará Complexo Solar na Bahia para abastecer refinaria
 
Indústrias Gaúchas têm queda de 26,2% em maio 13/07/2024
Indústrias Gaúchas têm queda de 26,2% em maio
 
Governo antecipa R$ 680 milhões do ICMS de 2025 ao RS 26/06/2024
Governo antecipa R$ 680 milhões do ICMS de 2025 ao RS
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites