Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

23 de Agosto de 2019 as 02:08:15



RENDA FIXA - O Mercado Secundário de Debêntures em 22.08.2019



RENDA FIXA - Mercado Secundário de Debêntures em 22.08.2019
 
Cenário de cautela com riscos globais se abranda, mas persiste, enquanto ativos domésticos melhoram sua atratividade na renda fixa privada
 
Cenário
 
Após uma semana de forte aversão ao risco, os mercados globais assimilam um breve acomodação das expectativas mais pessimistas, ao longo dos últimos dias, refletida pela elevação da curva dos títulos do Tesouro norte-americano, pelo arrefecimento do índice de volatilidade VIX (deixando o segundo desvio-padrão de alta, em direção à média) e pela interrupção da persistente valorização do dólar frente às principais moedas, mantendo-se em oscilação ao redor de sua própria média mais recente.
 
No entanto, cabe ponderar que os agentes ainda exprimem sinais de cautela, especialmente em relação aos sinais mistos da economia global e às tensões geopolíticas, ainda não pacificadas.
 
Neste ambiente, os yields de 2 e 10 anos dos US Treasuries praticamente se igualaram, de modo atípico e cauteloso, enquanto os dirigentes do Federal Reserve emitem pronunciamentos interpretados como divergentes pelo mercado.
 
No quadro doméstico, a volatilidade dos ativos ainda persiste com força, na Bolsa e no câmbio, mas o mercado de renda fixa começa a identificar papéis privados com melhor atratividade, ensaiando um possível início de tendência de alta em preços – a depender dos próximos desdobramentos do ambiente político e da interferência do câmbio.
 
Debêntures no Secundário
 
A crescente atratividade da renda fixa privada continua movimentando a negociação do secundário, em um contexto de novas expectativas de queda da Selic, embutidas na curva de juros, e enfraquecimento dos yields dos títulos públicos.
 
Paralelamente, nota-se que as medidas de risco repetiram a tendência de abrandamento identificada na semana anterior, configurando novas quedas das cotações de CDS implícito dos emissores, divulgado pela Bloomberg, ao passo que os ratings das empresas continuam se sustentando em graus elevados da escala nacional (vide quadro de Ratings, ao final deste relatório).
 
Como resultado, a elevada volatilidade dos preços das debêntures começa a ceder espaço para a formação de um quadro de discreta valorização, com apoio em volume financeiro crescente.
 
As oportunidades ainda se mostram melhores nas estratégias mais longas (buy & hold), mas a movimentação desta semana já permite observar ativos com potencial de ganhos em operações mais curtas.
 
Confira no anexo a integra do relatório preparado a respeito por RENATO ODO,  CNPI-P, 3058, Analista Sênior do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RENATO ODO, CNPI-P, 3058, Analista Sênior do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 21.02, 6ª feira. Avalie se convém investir 22/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 21.02, 6ª feira. Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 21.02: IBOVESPA cai 0,79% a 113.681 pts  DÓLAR estável em R$ 4,392 21/02/2020
O MERCADO, 21.02: IBOVESPA cai 0,79% a 113.681 pts DÓLAR estável em R$ 4,392
 
LOJAS AMERICANAS Resultado no 4º trimestre/2019:  Receita maior e margens melhores 21/02/2020
LOJAS AMERICANAS Resultado no 4º trimestre/2019: Receita maior e margens melhores
 
GOL Resultado no 4º trimestre/ 2019: Liquidez Reforçada 21/02/2020
GOL Resultado no 4º trimestre/ 2019: Liquidez Reforçada
 
VALE Resultado no 4º Trimestre /2019: Neutro. 21/02/2020
VALE Resultado no 4º Trimestre /2019: Neutro.
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.02, 5ª feira. Avalie se convém investir 21/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.02, 5ª feira. Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 20.02: IBOVESPA cai 1,66%. DÓLAR sobe a R$ 4,391 20/02/2020
O MERCADO, 20.02: IBOVESPA cai 1,66%. DÓLAR sobe a R$ 4,391
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.02, 4ª feira. Avalie se convém investir 19/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.02, 4ª feira. Avalie se convém investir
 
GERDAU  -  Resultado no 4º trimestre/2019 e Atualização de Preço da Ações 19/02/2020
GERDAU - Resultado no 4º trimestre/2019 e Atualização de Preço da Ações
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 18.02, 3ª feira. Avalie se convém investir 18/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 18.02, 3ª feira. Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites