Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

18 de Janeiro de 2020 as 22:01:07



FMI: "Economia Global, Risco de Recair na Grande Depressão"



Uma vez mais o setor financeiro mundial empurra a economia global à catástrofe
 
A diretora do FMI Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, alertou que a economia mundial corre o risco de mergulhar de novo na Grande Depressão, impulsionada pela desigualdade e instabilidade no setor financeiro.
 
Uma nova pesquisa, feita pela agência reguladora do sistema financeiro mundial, revelou que uma tendência semelhante à que culminou com o grande colapso do mercado em 1929 já estaria em andamento.
 
Em meio a seu discurso no Instituto Peterson de Economia Internacional em Washington (EUA), Georgieva indicou que, embora o fosso de desigualdade entre países se tenha fechado nas últimas duas décadas, este fenômeno tem aumentado dentro dos países, um dos quais é o Reino Unido.
 
"No Reino Unido, por exemplo, os top 10% controlam agora quase tanta riqueza como os 50% da base. Esta situação reflete-se em grande parte da OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico], onde a desigualdade de renda e riqueza atingiu, ou está próxima de atingir, máximos históricos",
 
cita o jornal New York Times as palavras da chefe do FMI.
 
"De certa forma, esta tendência preocupante faz lembrar o início do século XX, quando as forças gêmeas da tecnologia e da integração levaram à primeira idade dourada, a década de 1920, e por fim ao desastre financeiro",
 
destaca.
 
Volatilidade financeira
 
Na opinião de Georgieva, novos problemas, como a emergência climática e o aumento do protecionismo comercial, provavelmente causarão agitação social e volatilidade nos mercados financeiros durante esta década.
 
No contexto das disputas em curso entre EUA e Europa, ela afirmou que "o sistema comercial mundial precisa de melhorias significativas".
 
O especialista americano em política e finanças Eric LeCompte disse que o FMI transmitiu uma forte mensagem sobre o potencial para outro grande desastre financeiro.
 
"Com a desigualdade aumentando e preocupações de estabilidade nos mercados, temos que levar este aviso a sério",
 
comentou LeCompte ao The Guardian.
 


Fonte: SPUTNIKNEWS

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
CHINA - Instituto de Virologia de Wuhan nega que o Paciente Zero do COVID-19 veio do instituto 17/02/2020
CHINA - Instituto de Virologia de Wuhan nega que o Paciente Zero do COVID-19 veio do instituto
 
CHINA - Armas Nucleares são estimadas entre 1.500 e 3.000 unidades 15/02/2020
CHINA - Armas Nucleares são estimadas entre 1.500 e 3.000 unidades
 
CORONAVIRUS NA CHINA - Mortes sobem a 1.523 15/02/2020
CORONAVIRUS NA CHINA - Mortes sobem a 1.523
 
CRIMES Contra HUMANIDADE Venezuela processa EUA no Tribunal de Haia 15/02/2020
CRIMES Contra HUMANIDADE Venezuela processa EUA no Tribunal de Haia
 
ERDOGAN: 14/02/2020
ERDOGAN: "Acordo do Século" de Trump é Plano de Ocupação do Oriente Médio
 
ARGENTINA pede apoio do Brasil para renegociar dívida com FMI 13/02/2020
ARGENTINA pede apoio do Brasil para renegociar dívida com FMI
 
HONG KONG Corona-Virus traz Piores Perspectivas que as da SARS, em 2003 13/02/2020
HONG KONG Corona-Virus traz Piores Perspectivas que as da SARS, em 2003
 
CORONAVIRUS-15 - China registra maior mortalidade em um único dia: 254 pessoas 13/02/2020
CORONAVIRUS-15 - China registra maior mortalidade em um único dia: 254 pessoas
 
DEPARTMENT OF COMMERCE exclui BRASIL da Lista de Nações em Desenvolvimento 12/02/2020
DEPARTMENT OF COMMERCE exclui BRASIL da Lista de Nações em Desenvolvimento
 
OLIMPÍADAS NO JAPÃO - Coronavírus não será problema, diz embaixador japonês 10/02/2020
OLIMPÍADAS NO JAPÃO - Coronavírus não será problema, diz embaixador japonês
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites