Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

24 de Setembro de 2020 as 15:09:09



O MERCADO AGORA - 24.09.2020:Mercados Oscilam com Ligeiro Viés Positivo



O Mercado Agora, em 24.09.2020
Roger Marçal, Gerente,
Clara Cerqueira,
Adriana dos Santos Lima, 
do BB-DIMEF Cenários Financeiros
Mercado Externo
 
Techs tentam sustentar viés positivo nas bolsas, enquanto demais ativos seguem na cautela
 
 Nos EUA, Powell mantém, no Senado, o mesmo discurso observado nos últimos dias.
 
 Quanto aos indicadores, nos EUA, os novos pedidos semanais de seguro-desemprego somaram 870 mil, o resultado veio acima do número anterior e do consenso de mercado. Os dados refletem as dificuldades da retomada do emprego, à medida em que o apoio do governo diminui. Já as vendas de casas novas apresentou um resultado muito acima do que era esperado pelos analistas.
 
 No mundo corporativo, a ByteDance solicitou uma licença de exportação de tecnologia na China enquanto tenta fechar um acordo com a Oracle e o Walmart, para evitar que o seu aplicativo TikTok permaneça proibido nos EUA por motivos de segurança.
 
 Quanto às decisões de Bancos Centrais, na Turquia os juros foram elevados de 8,25% para 10,25% e na Hungria os juros subiram de 0,60% para 0,75%. Já na Suíça o BC decidiu manter os juros inalterados em -0,75%.
♦ Bolsas: Em NY, os índices abriram em queda, com os dados de seguro-desemprego ampliando os temores sobre a retomada da economia, num momento em que a aprovação de novos estímulos fiscais parece distante. No entanto, as bolsas reverteram a tendência após a divulgação do dado surpreendente de vendas de casas novas. 
 
No momento orbitam em torno da estabilidade, tentando firmar no campo positivo puxadas pelas ações das techs a despeito das incertezas que pairam no cenário global.
 
Destaque de alta: Apple, Microsoft e Goldman Sachs. Destaque de queda: Tesla e JP Morgan.
♦ Juros: Yields dos treasuries operam mistas. Parte intermediária e longa caem influenciadas pelo dado de emprego e baixa perspectiva de estímulos fiscais.
♦ Câmbio: Dólar se fortalece ante a maioria das moedas. Destaque para a valorização da lira turca após decisão do BC local.
Mercado Interno
 
Mercados oscilam, com ligeiro viés mais positivo, observando exterior e bancos centrais
 
 No Brasil, os mercados operam voláteis, com viés ligeiramente mais positivo, acompanhando a leve melhora no ambiente externo, com os investidores monitorando, também, discursos de membros dos bancos centrais americano e brasileiro. 
 
 Internamente, o Relatório Trimestral de Inflação (3ºT) não acrescentou novidades ao cenário de juros baixos já traçado pela Ata do COPOM. O banco central ratificou o panorama de inflação abaixo dos níveis compatíveis de cumprimento da meta de inflação no horizonte relevante para política monetária. Embora, espera-se elevação temporária da inflação no curto prazo, em decorrência da pressão nos alimentos. 
 
 Em entrevista para comentar o RTI, o presidente do banco central, Campos Neto, citou que é possível que a pressão inflacionária registrada nos preços do atacado seja transferida para a inflação ao consumidor, mas ainda não preocupa em termos de projeções no médio prazo. 
♦  Dólar: opera com volatilidade. Neste momento opera em leve queda, orbitando 5,57, após ter atingido a máxima a 5,62.
♦  Juros: apontam viés de baixa, apesar das oscilações, com os agentes ajustando as posições após o leilão do Tesouro, uma vez que, ontem no final do pregão, a curva antecipou um viés de alta na expectativa do leilão de títulos pré-fixados. Esse movimento tem sido recorrente nas últimas semanas.
♦ Ibovespa: apresenta valorização, recuperando parte das perdas do último pregão, voltando ao patamar de 97 mil pts. Destaque de alta para o setor financeiro e varejistas.
Confira no anexo a integra do relatório a respeito, preparado por BB-DIMEF, ROGER MARÇAL, Macro Estrategista Chefe, CLARA CERQUEIRA e ADRIANA DOS SANTOS LIMA


Fonte: BB-DIMEF, ROGER MARÇAL, Macro Estrategista Chefe, CLARA CERQUEIRA e ADRIANA DOS SANTOS LIMA





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 15.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 16/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 15.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
CONEXÃO MERCADO Análise Semanal: Retrospectiva e Perspectivas: de 19 a 23.10.2020 17/10/2020
CONEXÃO MERCADO Análise Semanal: Retrospectiva e Perspectivas: de 19 a 23.10.2020
 
OS MERCADOS - Fechamento em 16.10.2020: Incertezas Fiscais trazem Cautela 17/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 16.10.2020: Incertezas Fiscais trazem Cautela
 
OS MERCADOS - Fechamento em 15.10.2020: Propensão ao Risco 15/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 15.10.2020: Propensão ao Risco
 
GUIA DE AÇÕES, 14.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir. 15/10/2020
GUIA DE AÇÕES, 14.10: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convem investir.
 
O MERCADO AGORA, 13H30 em 15.10.2020: De Olho no Ambiente Global 15/10/2020
O MERCADO AGORA, 13H30 em 15.10.2020: De Olho no Ambiente Global
 
MERCADOS - Abertura em 15.10.2020: O mesmo tom cauteloso do exterior 15/10/2020
MERCADOS - Abertura em 15.10.2020: O mesmo tom cauteloso do exterior
 
OS MERCADOS - Fechamento em 14.10.2020: Cautela, em linha com exterior 15/10/2020
OS MERCADOS - Fechamento em 14.10.2020: Cautela, em linha com exterior
 
NEYMAR supera Ronaldo e se torna 2º Maior Artilheiro da Seleção 15/10/2020
NEYMAR supera Ronaldo e se torna 2º Maior Artilheiro da Seleção
 
OS MERCADOS Fechamento em 13.10.2020: Volatilidade, Cautela e Incertezas Fiscais 13/10/2020
OS MERCADOS Fechamento em 13.10.2020: Volatilidade, Cautela e Incertezas Fiscais
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites