Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

26 de Setembro de 2020 as 02:09:07



ALINHAMENTO COM WASHINGTON vai contra interesses da América latina, diz analista


Trump e Bolsonaro, "I love you".
 
Alinhamento de Bolsonaro com Washington vai contra 'os interesses da América Latina', diz analista
 
O secretário de Estado dos EUA visitou a cidade brasileira de Boa Vista para discutir a crise venezuelana. A visita de Pompeo pode acabar afastando Brasil do resto da América Latina, acredita analista.
 
Em conversa com a Sputnik Mundo, o especialista Ítalo Beltrão analisou as implicações que podem resultar desta convergência entre EUA e Brasil para o âmbito regional.
 
A última visita de Mike Pompeo ao Brasil tem sido severamente criticada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), que manifestou profunda preocupação com as relações estreitas entre os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump, e que tipo de consequências estas podem trazer para a soberania brasileira.
 
A respeito
 
"da política externa de Bolsonaro, esta tem mostrado consistência em seu comportamento, que pretende posicionar internacionalmente o Brasil na linha dos interesses dos grupos mais conservadores".
 
Neste sentido,
 
"apesar do seu fraco desempenho diante da pandemia e outros assuntos de política interna, a política externa tem sido firme na adoção de posições inéditas na história diplomática do país, em se tratando de direitos humanos e meio ambiente",
 
afirmou.
 
Sabendo isto,
 
"são adotados posicionamentos não diplomáticos com os governos da França e da China, ambos bastante críticos das políticas adotadas por Bolsonaro tanto a nível geopolítico como ambiental",
 
afirmou.
 
Bolsonaro apela a uma convergência estratégica entre Brasil e EUA 
 
Entre as consequências mais diretas,
 
"se destaca a queda significativa dos investimentos chineses, assim como o questionamento do acordo entre Mercosul e União Europeia",
 
indicou o especialista brasileiro.
 
No âmbito da visita de Pompeo,
 
"o alinhamento de Bolsonaro com Washington vai sem quaisquer dúvidas contra os interesses da China e da América Latina, mas não creio que tal venha a minimizar a incidência do gigante asiático na região",
 
concluiu Beltrão.
 


Fonte: SPUTNIKNEWS





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
NOVO START - EUA e Rússia tentam salvar Acordo de Limitação de Arsenal Nuclear 27/10/2020
NOVO START - EUA e Rússia tentam salvar Acordo de Limitação de Arsenal Nuclear
 
EUA vendem 100 Sistemas Harpoon de Defesa e 400 Mísseis a TAIWAN em desafio à CHINA 26/10/2020
EUA vendem 100 Sistemas Harpoon de Defesa e 400 Mísseis a TAIWAN em desafio à CHINA
 
CHILE Em plebiscito histórico 78% decidem por elaborar nova constituição 25/10/2020
CHILE Em plebiscito histórico 78% decidem por elaborar nova constituição
 
CHILE vai às Urnas por uma nova Constituição, neste domingo 25/10/2020
CHILE vai às Urnas por uma nova Constituição, neste domingo
 
PNUD confirma legitimidade do Processo Eleitoral Boliviano e a Eleição de LUIS ARCE 23/10/2020
PNUD confirma legitimidade do Processo Eleitoral Boliviano e a Eleição de LUIS ARCE
 
BOLÍVIA - Encerrada a Apuração: LUÍS ARCE (MAS) é o presidente eleito 23/10/2020
BOLÍVIA - Encerrada a Apuração: LUÍS ARCE (MAS) é o presidente eleito
 
XI JINPING promete 'Golpe Esmagador' a Qualquer Potência que tentar dividir a China 23/10/2020
XI JINPING promete 'Golpe Esmagador' a Qualquer Potência que tentar dividir a China
 
ELEIÇÕES EUA - Faltam 12 Dias - Conheça a Situação da Disputa nesta 5ª feira 22/10/2020
ELEIÇÕES EUA - Faltam 12 Dias - Conheça a Situação da Disputa nesta 5ª feira
 
ELEIÇÕES EUA - Monitoramento Semanal de 21.10.2020: Modelos Matemáticos ratificam Vitória de BIDEN 22/10/2020
ELEIÇÕES EUA - Monitoramento Semanal de 21.10.2020: Modelos Matemáticos ratificam Vitória de BIDEN
 
BOLIVIA - ARCE está vencendo com 54,4% dos votos aos 90,4% da apuração 22/10/2020
BOLIVIA - ARCE está vencendo com 54,4% dos votos aos 90,4% da apuração
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites