Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

Quarta-Feira, Dia 27 de Outubro de 2021 as 02:10:12



PETROLEIRAS são Culpadas pela Crise Climática, assim considera 60% dos americanos



Pesquisa revela que 60% do povo norte-americano considera
as empresas petrolíferas culpadas pela crise climática
 
Enquanto uma grande maioria dos americanos acredita que o aquecimento global está acontecendo, uma nova pesquisa do Guardian mostra divisões partidárias acentuadas
 
A maioria dos americanos quer que as empresas de petróleo e gás respondam por mentir sobre a crise climática e contribuir para o aquecimento global, de acordo com uma nova pesquisa do YouGov encomendada pelo Guardian, Vice News e Covering Climate Now.
 
Divulgada nesta 3ª feira, 26.10.2021, a pesquisa revela que os EUA permanecem fortemente divididos sobre as causas do aprofundamento da emergência ambiental após a longa campanha da indústria de combustíveis fósseis para minimizar e negar a ciência climática. Essa divisão cai em grande parte ao longo das correntes políticas, com democratas e republicanos em desacordo sobre a fonte de desinformação climática.
 
A pesquisa entrevistou 1.000 adultos americanos e constatou que 70% disseram que o aquecimento global estava acontecendo. Mais de 60% disseram que as empresas de petróleo e gás eram "completamente ou principalmente responsáveis".
 
Mas enquanto os democratas em grande parte (89%) aceitam a base científica da emergência climática, a opinião é dividida entre os republicanos. Apenas 42% dos republicanos concordaram que o aquecimento global é uma realidade, enquanto 36% negaram. O restante disse que não sabia.
 
Os achados oferecem uma visão da crescente pressão pública sobre a indústria de petróleo e gás, que enfrenta dezenas de ações judiciais por estados e municípios. Os autores da ação exigem que as empresas paguem pelos altos custos financeiros associados à devastação ambiental causada pela queima de combustíveis fósseis.
 
A maioria dos americanos apoia os objetivos centrais das ações judiciais depois de ser informada de que as empresas de combustíveis fósseis sabiam sobre o impacto de seus produtos nas mudanças climáticas. Pouco mais da metade queria que as empresas de petróleo e gás pagassem pelos danos causados por eventos climáticos extremos impulsionados pela crise climática, e 60% disseram que a indústria deveria pagar para melhorar a infraestrutura para suportar os incêndios e inundações causados pelo aquecimento global.
 
No entanto, com democratas e republicanos em desacordo com muitas questões climáticas, a pesquisa também revela os desafios que os litigantes enfrentam na tentativa de responsabilizar a indústria de combustíveis fósseis, particularmente em partes mais conservadoras do país.
 
Os americanos concordam amplamente que todas as indústrias devem ser responsabilizadas por seus delitos. Oitenta por cento disseram que os fabricantes devem alertar os consumidores sobre produtos nocivos e 69% disseram que deveriam parar de vendê-los.
 
Mas os números caem quando se trata de produtos prejudiciais ao meio ambiente, com apenas 60% dizendo que as empresas devem parar de vendê-los. Isso pode refletir o papel econômico central desempenhado pelo petróleo no abastecimento da indústria e no transporte, e os repetidos avisos da indústria de que não há alternativa viável a curto prazo ao petróleo.
 
Exxon e Shell
 
A divisão também reflete a percepção dos americanos sobre as companhias petrolíferas. A pesquisa mostrou que a Exxon, a maior empresa de petróleo dos EUA, e a Shell têm altos índices positivos entre os republicanos, mas altos negativos entre os democratas.
 
Ainda assim, quase dois terços dos republicanos disseram que as empresas de petróleo e gás tinham algum grau de responsabilidade pelas mudanças climáticas, embora menos delas reconhecessem a existência de aquecimento global. 28% dos republicanos disseram que a indústria tinha o maior peso de responsabilidade, enquanto 35% disseram que era um pouco responsável.
 
Pouco mais de 80% dos democratas disseram que as empresas de petróleo e gás eram completamente ou a maioria responsáveis por causar mudanças climáticas. Os jovens e as pessoas de cor se inclinaram mais fortemente do que a nação como um todo para culpar a indústria.
 
Mas a divisão política emergiu novamente quando as pessoas foram questionadas sobre as especificidades dos delitos da indústria de combustíveis fósseis.
 
Os democratas disseram que as empresas de petróleo e gás mentiram sobre a existência das mudanças climáticas, e sua parte na criação, em mais de três vezes a taxa de republicanos. Pouco menos da metade dos republicanos disseram que as empresas de petróleo e gás não tinham feito nada de errado.
 
Cerca de 45% dos americanos disseram que as empresas mentiram sobre contribuir para as mudanças climáticas. Uma porcentagem um pouco menor disse que a indústria enganou o público sobre a existência das mudanças climáticas e ignorou as descobertas de seus próprios cientistas.
 
Uma das divisões mais acentuadas foi sobre a opinião científica sobre a crise climática.
 
Enquanto 68% dos democratas disseram que a maioria dos cientistas acha que o aquecimento global é causado pelo homem, apenas 22% dos republicanos concordaram. Metade dos republicanos disse que há "muita discordância" sobre o assunto entre os cientistas, uma posição ocupada por menos de 15% dos democratas.
 
De fato, uma pesquisa recente de cientistas mostrou que 99,9% concordam que a emergência climática é o resultado das ações humanas.
 
O ceticismo e a negação sobre a ciência climática são mais elevados nos EUA do que em muitos outros países. Os americanos negam a ligação entre os humanos e o aquecimento global a três vezes a taxa dos britânicos e japoneses.
 
Isso é, em parte, o resultado de décadas de negação e encobrimento pela indústria petrolífera, incluindo a supressão das evidências de seus próprios cientistas sobre os danos causados pela queima de combustíveis fósseis.
 
As divisões também refletem falhas em outras questões, como a vacinação de Covid, com substancialmente menos republicanos do que democratas sendo inoculados.
 
A experiência da crise climática variou. Quase metade disse que estava prejudicando sua comunidade local de maneiras variadas, desde a menor qualidade do ar até o aumento do custo de vida, com uma maior proporção de mulheres e negros americanos vendo seus efeitos.


Fonte: THE GUARDIAN. Tradução e copidescagem da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ADEUS PRIVACIDADE - FBI revela extrair informações de WhatsApp I-Message e outros 7 Aplicativos de Mensagens 02/12/2021
ADEUS PRIVACIDADE - FBI revela extrair informações de WhatsApp I-Message e outros 7 Aplicativos de Mensagens
 
MESSI ganha a 7ª Bola de Ouro e se iguala a PELÉ 29/11/2021
MESSI ganha a 7ª Bola de Ouro e se iguala a PELÉ
 
VACINAS doadas à África têm curta validade e doações com pouca antecedência 29/11/2021
VACINAS doadas à África têm curta validade e doações com pouca antecedência
 
TAIWAN - A importância da indústria de Semi-Condutores para os EUA 28/11/2021
TAIWAN - A importância da indústria de Semi-Condutores para os EUA
 
ÔMICRON - Holanda tem 13 casos; Dinamarca e Austrália também confirmam casos 28/11/2021
ÔMICRON - Holanda tem 13 casos; Dinamarca e Austrália também confirmam casos
 
GAROTA AFEGÃ de Olhos Verdes, da National Geographic, resgatada para a Itália 25/11/2021
GAROTA AFEGÃ de Olhos Verdes, da National Geographic, resgatada para a Itália
 
SÍNDROME DE HAVANA - CIA ameaça e demoniza a Rússia 25/11/2021
SÍNDROME DE HAVANA - CIA ameaça e demoniza a Rússia
 
PONTE DA AMIZADE- Brasil e Paraguai acertam conclusão de Nova Ponte entre os 2 países 24/11/2021
PONTE DA AMIZADE- Brasil e Paraguai acertam conclusão de Nova Ponte entre os 2 países
 
DESAFIO - Navio de Guerra dos EUA volta a percorrer Estreito de Taiwan 23/11/2021
DESAFIO - Navio de Guerra dos EUA volta a percorrer Estreito de Taiwan
 
FÓRMULA 1 - Lewis Hamilton conquista Grande Prêmio do Catar 21/11/2021
FÓRMULA 1 - Lewis Hamilton conquista Grande Prêmio do Catar
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites