Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Saúde

18 de Janeiro de 2022 as 14:01:42



CORONAVAC - ANVISA posterga a Aprovação da Vacina em crianças, defendida por Secretária da Saúde


Secretária de Enfrentamento à Covid-19 afirmou que o Ministério da Saúde pretende usar a vacina Coronavac em crianças, caso aprovada pela ANVISA
 
Rosana Leite,  secretária de Enfrentamento à Covid-19, afirmou ao jornal Poder360, nesta 3ª feira, 18.01, que o Ministério da Saúde pretende usar a CoronaVac em crianças caso o imunizante seja aprovado pela Anvisa. 
 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária deve decidir nos próximos dias se libera a CoronaVac para a faixa etária de 3 a 17 anos. A Anvisa analisa pedido do Instituto Butantan. A vacina poderia acelerar a imunização de crianças contra a covid-19.
 
Em dezembro último, a agência liberou a aplicação da vacina da Pfizer na faixa etária de 5 a 11 anos,  que é, até este momento, o único imunizante aprovado em menores de idade. A imunização de crianças de 5 a 11 anos começou na 6ª feira, 14.01.2022. 
 
Na 2ª feira, 17.01, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que sua pasta iria analisar a possibilidade de incluir a CoronaVac para o grupo em caso de aprovação da Anvisa.
 
“Uma vez havendo a aprovação da Anvisa, como de costume, o ministério vai analisar o inteiro teor dessa aprovação para que essa ou qualquer outra vacina que seja aprovada para qualquer faixa etária seja disponibilizada para população brasileira”,
 
disse Queiroga. Segundo ele, esse é o procedimento padrão. 
 
A vacina para crianças da CoronaVac é a mesma usada em adultos. Já a Pfizer tem 2 imunizantes diferentes: uma para crianças de 5 a 11 anos e outra para pessoas a partir de 12 anos.
 
A inclusão da CoronaVac poderia acelerar a vacinação infantil, já que ainda há doses de CoronaVac nos municípios. As vacinas da Pfizer dependem de entregas internacionais da empresa farmacêutica multinacional.
 
O Brasil já recebeu 2,4 milhões de doses pediátricas da Pfizer. A previsão é que  sejam entregues 4,3 milhões de unidades ao todo neste mês de janeiro. O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, confirmou a entrega de 30 milhões de doses infantis da farmacêutica até março.
 
Público Infantil e demanda do segmento
 
O Brasil tem 20,5 milhões de pessoas de 5 a 11 anos, segundo o IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e são necessárias 41 milhões de doses para vacinar com 2 aplicações todas as crianças dessa faixa etária.
 
Consideradas as crianças de 3 e 4 anos, grupamento estimado em 5,9 milhões, o segmento infantil alcança 26,4 milhões. Nesse caso seriam necessárias 52,7 milhões de doses para imunizar com duas aplicações todos os brasileirinhos de 3 a 11 anos.
 
O Instituto Butantan possui desde já cerca de 15 milhões de doses da CoronaVac, disponíveis para negociação e o ministério da Saúde teria que fechar novo contrato com o Instituto para ter acesso a elas. Em setemtro de 2021, a entrega anterior da Vacina totalizou 100 milhões de doses.
 
Análise da CoronaVac pela Anvisa
 
Em agosto, a Anvisa rejeitou o 1º pedido de uso das CoronaVac em menores de idade por considerar insuficientes os dados clínicos apresentados pelo Butantan. Mas, em dezembro, o Instituto novamente solicitou sua liberação.
 
Novas informações foram apresentadas e desde dezembro último a ANVISA e o Butantan têm realizado reuniões sobre os dados. E na última reunião realizada na 2ª feira, 18.01, a Anvisa apresentou parte da sua análise do material fornecido pelo Butantan.
 
A decisão da agência será tomada pela Diretoria Colegiada, por ser um pedido para uso emergencial. A data da votação ainda não foi divulgada.
 
O ministro Queiroga comentou na 2ª feira que a CoronaVac já é aplicada em crianças em países como o Chile e a China. Disse que a Anvisa “faz parte de um rol de agências com mais exigência de segurança nas suas análises”.
 
O ministro declarou que a avaliação da Agência é mais qualificada e segue o nível da EMA (Agência Europeia de Medicamentos) e do FDA (Food and Drug Administration) – que só aprovaram a Pfizer para crianças.
 
CONFIRA no jornal PODER 360 a íntegra dessa matéria. Clique AQUI


Fonte: PODER 360. Copidescagem, Chamada de Capa e Subtitulo da Redacao JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COVID-19 - Brasil totaliza 664.872 mortes, até 15.05; 92 em 24 h 15/05/2022
COVID-19 - Brasil totaliza 664.872 mortes, até 15.05; 92 em 24 h
 
COVID-19 - ANVISA prorroga por 1 ano uso emergencial de vacinas 13/05/2022
COVID-19 - ANVISA prorroga por 1 ano uso emergencial de vacinas
 
COVID-19 - Houve 125 mortes no País, em 24h, em 13.05, somando 664.780 desde o início da Pandemia 13/05/2022
COVID-19 - Houve 125 mortes no País, em 24h, em 13.05, somando 664.780 desde o início da Pandemia
 
ANVISA e BUTANTAN reúnem-se para tratar da CORONAVAC para crianças 13/05/2022
ANVISA e BUTANTAN reúnem-se para tratar da CORONAVAC para crianças
 
COVID-10 - Brasil teve 23,3 mil novos casos e 26 mortes em 24h até 11.04 11/05/2022
COVID-10 - Brasil teve 23,3 mil novos casos e 26 mortes em 24h até 11.04
 
BRASÍLIA - Governador revoga Decreto de Estado de Calamidade Pública 10/05/2022
BRASÍLIA - Governador revoga Decreto de Estado de Calamidade Pública
 
SARAMPO E GRIPE - 3,2 mil Postos de Saúde abrem para vacinação em SP neste sábado 30/04/2022
SARAMPO E GRIPE - 3,2 mil Postos de Saúde abrem para vacinação em SP neste sábado
 
HEPATITE AGUDA - Misterioso Surto Global aflige Reino Unido, EUA e Israel e espalha-se pela Ásia e Canadá 28/04/2022
HEPATITE AGUDA - Misterioso Surto Global aflige Reino Unido, EUA e Israel e espalha-se pela Ásia e Canadá
 
XANGAI - Baixa Cobertura Vacinal em Idosos alastra variante Ômicron 26/04/2022
XANGAI - Baixa Cobertura Vacinal em Idosos alastra variante Ômicron
 
CORONAVAC Eficaz Contra DELTA e ÔMICRON em Idosos, provam Estudos 25/04/2022
CORONAVAC Eficaz Contra DELTA e ÔMICRON em Idosos, provam Estudos
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites