Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Segunda-Feira, Dia 27 de Novembro de 2023 as 12:11:20



Mercado estima INFLAÇÃO em 4,53%; PIB, a +2,84% e SELIC, a 11,75% em 2023


 
Nesta semana o Boletim Focus indica a previsão do mercado financeiro de inflação de 4,53% em 2023
 
Pela terceira semana seguida, a previsão do mercado financeiro para o IPCA Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – considerado a inflação oficial do país – teve redução, passando de 4,55% para 4,53% em 2023.
 
A estimativa está no Boletim Focus desta 2ª feira, 27.11, pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (foto) (BC) com a expectativa de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. 
 
Para 2024, a projeção da inflação ficou em 3,91%. Para 2025 e 2026, as previsões são de 3,5% para os dois anos. 
 
A estimativa para 2023 está acima do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. Definida pelo CMN Conselho Monetário Nacional, a meta é de 3,25% para 2023, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 1,75% e o superior 4,75%.  
 
Segundo o BC, no último Relatório de Inflação, a chance de o índice oficial superar o teto da meta em 2023 é 67%. A projeção do mercado para a inflação de 2024 também está acima do centro da meta prevista, fixada em 3%, mas ainda se situa dentro do intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual. 
 
Em outubro, o aumento de preços das passagens aéreas pressionou o resultado da inflação. O IPCA ficou em 0,24%, segundo o IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O percentual foi abaixo da taxa de setembro, que teve alta de 0,26%.  
 
A inflação acumulada este ano (de janeiro a outubro/2023) atingiu 3,75%. Nos últimos 12 meses, o índice está em 4,82%.  
 
Juros básicos 
 
Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros - a Selic - definida em 12,25% ao ano pelo COPOM Comitê de Política Monetária. Após sucessivas quedas no fim do primeiro semestre, a inflação voltou a subir na segunda metade do ano, mas essa alta era esperada por economistas.  
 
O comportamento dos preços já fez o BC cortar os juros pela terceira vez no semestre, em um ciclo que deve seguir com cortes de 0,5 ponto percentual nas próximas reuniões. Ainda assim, o Copom indicou que poderá mudar o tempo do período de cortes, caso as condições tornem mais difícil reduzir juros. 
 
De março de 2021 a agosto de 2022, o Copom elevou a Selic por 12 vezes consecutivas, num ciclo de aperto monetário que começou em meio à alta dos preços de alimentos, energia e combustíveis. Por um ano, de agosto do ano passado a agosto deste ano, a taxa foi mantida em 13,75% ao ano por sete vezes seguidas.  
 
Antes do início do ciclo de alta, a Selic tinha sido reduzida para 2% ao ano, no nível mais baixo da série histórica iniciada em 1986. Por causa da contração econômica gerada pela pandemia de covid-19, o Banco Central tinha derrubado a taxa para estimular a produção e o consumo. A taxa ficou no menor patamar da história de agosto de 2020 a março de 2021.  
 
Para o mercado financeiro, a Selic deve encerrar 2023 em 11,75% ao ano. A última reunião do Copom em 2023 ocorre em 12 e 13 de dezembro. 
 
Para o fim de 2024, a estimativa é de que a taxa básica caia para 9,25% ao ano. Para o fim de 2025 e de 2026, a previsão é de Selic em 8,75% ao ano e 8,5% ao ano, respectivamente.  
 
PIB e câmbio 
 
A projeção das instituições financeiras para o crescimento da economia brasileira em 2023 variou de 2,85% para 2,84%.  
 
Para 2024, a expectativa para o PIB Produto Interno Bruto é de crescimento de 1,5%. Para 2025 e 2026, o mercado financeiro projeta expansão do PIB em 1,93% e 2%, respectivamente.  
 
A previsão para a cotação do dólar está em R$ 5 para o fim deste ano. Para o fim de 2024, a previsão é que a moeda americana fique em R$ 5,05.


Fonte: AGENCIA BRASIL.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ARRECADAÇÃO FEDERAL chega a R$ 280,6 BI em janeiro 22/02/2024
ARRECADAÇÃO FEDERAL chega a R$ 280,6 BI em janeiro
 
CAIXA lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos 22/02/2024
CAIXA lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos
 
PETROBRAS quer dividir gestão da BRASKEM com novo sócio, diz Prates 21/02/2024
PETROBRAS quer dividir gestão da BRASKEM com novo sócio, diz Prates
 
PIB DE 2023 - Monitor do IPEA aponta expansão de 3% 19/02/2024
PIB DE 2023 - Monitor do IPEA aponta expansão de 3%
 
PETROBRAS - Valor de Mercado tem novo recorde 17/02/2024
PETROBRAS - Valor de Mercado tem novo recorde
 
PRIVATIZAÇÃO DA SABESP - Governo de SP anuncia Consulta Pública 15/02/2024
PRIVATIZAÇÃO DA SABESP - Governo de SP anuncia Consulta Pública
 
FERROVIAS- Movimentação de Carga atinge maior nível em 5 anos 15/02/2024
FERROVIAS- Movimentação de Carga atinge maior nível em 5 anos
 
CADERNETA DE POUPANÇA - Retirada de Recursos pressiona Mercado Imobiliário 15/02/2024
CADERNETA DE POUPANÇA - Retirada de Recursos pressiona Mercado Imobiliário
 
PETROBRAS - Parceria com árabes busca recuperar Operação de Refinaria 14/02/2024
PETROBRAS - Parceria com árabes busca recuperar Operação de Refinaria
 
IR-2024 - Empregadores têm até o dia 29.02 para enviarem Informe de Rendimentos 14/02/2024
IR-2024 - Empregadores têm até o dia 29.02 para enviarem Informe de Rendimentos
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites